Apesar do rosto desfigurado, ela vai desfilar em Nova York

Apesar do rosto desfigurado, ela vai desfilar em Nova York

Foto: Divulgação

 Ela foi atacada com ácido há dois anos no vilarejo de Allahabad em Uttar Pradesh pelo cunhado que agredia sua irmã e resolveu puni-la por haver se metido na briga.

Reshma Qureshi tem 19 anos e nunca deixou a India, nem mesmo por um breve período.

Mas, em breve, vai voar para os Estados Unidos para participar da Fashion Week de Nova York, que começa dia 18 de setembro.  Ela foi convidada para subir na passarela com o intuito de chamar a atenção para um crime que atinge milhões de mulheres a cada ano em seu país. Reshma chorou de felicidade quando ficou sabendo do convite.

A história desta jovem é tristemente comum na India, onde milhões de mulheres denunciam, a cada ano, ataques com ácido, porém muitas outras não falam por causa do stigma social e também porque, frequentemente, os culpados são os próprios parentes.

 Segundo Reshma, o cunhado a atacou porque tanto ela quantos os pais, tiveram a coragem de se oporem à ele. Um homem violento do qual os parentes ajudaram a irmã a escapar.  Na sequência, o cunhado raptou o filho de 5 anos e foi denunciado à policia pelos parentes da irmã de Reshma. No dia seguinte, ao acompanhar a irmã para uns exames, o cunhado acompanhado de dois cúmplices, se aproximou e a irmã gritou para que Reshma corresse. Não deu tempo. O cunhado e os cúmplices bloquearam sua passagem e jogaram ácido em seu rosto.

 A jovem que sonha ser professora, viu sua vida destruída e recuperada por uma organização não governamental, a Make Love Not Scars, fundada em Mumbai por uma jovem indiana chamada Ria Shama. Foi esta jovem que ajudou Reshma a recomeçar.

Em um mundo, aquele da publicidade e da moda, que nem sempre vai além da aparência, Reshma se transformou no rosto de uma campanha intitulada #EndAcidSle, e aparece hoje em enormes cartazes de publicidade pelas estradas de Mumbai, com mensagens que incentivam a denúncia. Assim, se tornou também estrela de uma série de tutoriais de maquiagens. Com isso, Reshma recuperou a auto confiança.

 O convite para desfilar em Nova York partiu da FDL Moda, uma empresa fundada pela italiana Ilaria Niccolini, que lançou a campanha #TakeBeautyBack , buscando aumentar a diversidade no mundo das passarelas.

 

 

 

 

 

 

Tradução: Sandra Santos

 

Direito ao esquecimento
Como resolver o problema dos animais de rua?
Como você classifica a gestão do prefeito João Gonçalves Jr. em Jaru?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS