Os cinco comportamentos masculinos mais irritantes – Por Sandra Santos

Primeiro, eles reclamaram delas. Agora, elas reclamam deles.
Talvez tenha sido lá no Éden que esta guerra começou. E nunca teve fim.
É um alfinetando o outro e ninguém se entende completamente.
Como já foi dito, relações humanas são sempre controversas e sempre haverá insatisfação com o outro. Saber ouvir é ainda a forma mais eficaz – se é que existe uma – de entender o outro.
O Espaço da Mulher, dias atrás, conversou com alguns homens sobre suas insatisfações com certos comportamentos femininos. Para ver a matéria clique aqui.
Mas, elas também quiseram opinar sobre o mesmo tema.
A coluna conversou com cinco mulheres de idades diferentes, para saber suas opiniões sobre comportamentos masculinos que podem prejudicar ou destruir uma relação.
A pergunta foi a mesma para eles e para elas:
Cite 05 comportamentos que destroem ou detonam um relacionamento.
O QUE ELAS DISSERAM
Pamela Jones- 32 anos, empresária- disse que a indiscrição e o flerte são comportamentos que a deixam bastante desconfortáveis. Ela até não se incomoda que o parceiro olhe para outra mulher,
”mas que seja um olhar admirador discreto e que não seja uma atitude constante, porque senão esgota meu nível de paciência e com certeza vamos brigar por conta disso”
A grosseria, segundo Pamela, é sinônimo de falta de respeito e ela não aceita que namorado use um tom de voz mais alto e agressivo, especialmente na frente de outras pessoas. “Já comecei a namorar com um cavalheiro e no decorrer do namoro ele se tornou um verdadeiro sapo, e foi um dos principais motivos para que eu terminasse com ele”, disse Pamela.
Ela cita também a possessividade: “Não sou dona de ninguém e nem admito que se sintam meu dono. Eu tenho muitos amigos, gosto de estar com eles e não admito parceiros que se tornam possessivos”.
Embora a carência seja um sentimento considerado inerente às mulheres, Pamela acha que alguns homens também sofrem deste mal. “Existem homens que ficam em cima o tempo todo, cheios de lambe-lambe e isso enche meu saco, e eu pego abuso. Corro!”
 E ela finaliza dizendo que a confiança é fundamental. “Eu já terminei um namoro por conta da infidelidade constante do meu então namorado. Infidelidade acaba com a confiança da relação e não gosto de ficar me sentindo insegura. Prefiro terminar”.
 A Elionora Monteiro Teles, 41 anos, contadora, disse que a falta de atenção ao parceiro e por sua vez, atenção exagerada ao celular, prejudicam e até destroem o diálogo entre o casal.
Tomar decisões sem consulta-la e até mesmo sequer comunica-la, é outro comportamento que irrita a contadora.
Elionora se ressente do parceiro que prefere desabafar com estranhos ou amigos ao invés de procura-la. E não gosta de homem que antecipa respostas e quer sempre mostrar que já sabe tudo sobre o assunto, não permitindo uma explanação melhor sobre o tema em questão.
Por fim, entender que errou e se desculpar são atitudes que agradam bastante à Elionora.
A bacharela em direito, Ediani de Souza vieira, 24 anos falou com o Espaço da Mulher e segundo ela, a traição é “o ato mais repugnante na relação. Algumas pessoas conseguem perdoar, eu não sei se consigo”
Ediani reclama que os homens não se mantêm ligados na relação. Mesmo amando, muitas vezes, perdem o interesse de agradar a parceira. Segunda ela, mulheres gostam de serem positivamente surpreendidas e um presente fora de data especial e até mesmo um botão de rosa podem fazer a parceira se sentir mais valorizada.
Homem fútil? Segundo Ediani, existem vários assim. Ela diz que “homem fútil é o que mais irrita na relação e não aceito, não precisa ser o intelectual da família, mas também não precisa ser o "asno". Deixar de buscar novos conhecimentos é um desrespeito à vida. Buscar novos conhecimentos é ouvir uma boa musica, ler bons livros, conhecer novos escritores, buscar novos idiomas, entender melhor a parceira quando ela quer ir a uma livraria. Livraria não é um bicho papão, mas para alguns homens é”.
E quanto aos amigos, futebol, cerveja e pescaria? Para ela “o homem que pensa que o fim de semana serve apenas para estas atividades, pode cair fora dele. É irritante. Tudo ao seu tempo, tudo tem seu lugar e horário, não deixo de respeitar a vida dele, mas pensar só nesses itens não tem como ter uma relação saudável”.
Para terapeuta holística, Giza Salvalaggio, 45 anos, a ausência de diálogo é um problema constante. Segundo ela, “o homem encara os problemas com mais praticidade que as mulheres e esperam que nós tenhamos a mesma atitude, só que não funciona desse jeito e isso causa certa irritação neles e os diálogos acabam sempre em acusação e brigas desnecessárias. Os homens precisam saber ouvir e falar mais também, porque a gente não tem bola de cristal”.
Uma das reclamações de Giza é a perda do romantismo depois de iniciada a relação.
 Ela diz que após a conquista, o homem “se sente seguro e entra na zona de conforto. Os esforços vão diminuindo. Mulher precisa ser olhada, saber que é desejada, precisa saber que é importante na vida do parceiro. Paixão não tem auto manutenção, precisa ser cultivada”
Assim como Ediani, Giza também não gosta de ciúme exagerado. Segundo ela, o sentimento de posse e o egoísmo são sentimentos derivados do ciúme. “Relacionamentos bem sucedidos, dependem também do cultivo à individualidade, senão sufoca. Se não tiver segurança, não há relacionamento que resista”, completa Giza.
Para Giza, o visual tem importância sim. A ausência de vaidade e falta de higiene pessoal, podem destruir o sex appeal de um homem e, por sua vez, o desejo sexual da mulher pelo parceiro. Giza acha que, na hora da conquista, alguns homens costumam investir nestes quesitos, mas depois tendem a relaxar e a mulher sente “uma vergonha danada quando sai toda arrumada com um cara de gola esgarçada e o cabelo varando o pescoço”, afirma a terapeuta.
Quanto às suas flatulências, querido leitor, é melhor deixar para sua intimidade. Este assunto foi lembrado por Giza que afirmou que “arrotos leoninos e peidos propositais não demonstram intimidade nenhuma. Só fazem com que ele seja um cara sem noção”.
E por fim, a estudante de direito, Dani Rigo, diz que homem que responde uma pergunta sem saber o que está falando é irritante. “Não que tenha que ser inteligente, mas se tem uma questão que precise de explicação, se o abençoado vem com uma resposta nada a ver, tira todo meu interesse” Disse Rigo.
Segundo Dani, a mentira tem pernas curtas e alguns sequer sabem mentir bem, portanto, se o cara vier “com aquela cara de paisagem e o letreiro estampado que está tentando me fazer de otária, viro as costas e vou embora sem olhar para trás”.
. Ela acredita também que, o que ele faz quando ela não está por perto, diz muito sobre o caráter dele e, que comportamentos assim, interferem no equilíbrio da relação. Para ela, se o homem decidiu trair, então que o faça muito escondido.
Quanto a sair com amigos, não há problema, desde que avise para que tal informação não venha por outra pessoa. Porém, “sair com os amigos não significa agir como uma pessoa descomprometida ou solteira, porque faltamente, o relacionamento será prejudicado com atitudes assim”.
Dani Rigo acredita que a forma como ele trata os familiares e amigos, certamente será a forma como vai trata-la no futuro e finaliza a conversa dizendo que, “grosserias e atitudes violentas são demonstrações de total descontrole da pessoa e que isso não é aceitável em hipótese alguma. Qualquer tipo de agressão com um familiar é sinal de falta de respeito e de controle. Se é assim com a família, um dia vai ser comigo. Não preciso disso”. Completa a estudante.
Esta guerra ninguém nunca vencerá. Ou será que sim?
O que é preciso, talvez ninguém saiba ao certo. Porém, alguém já disse que, ironicamente, o vencedor poderá ser aquele que se render primeiro. Aquele que se entregar com mãos ao alto e tudo. Este ficará com o amor, com o carinho, com o beijo de boa noite e o colo gostoso.
Será?
Enquanto isso não acontece, outros rounds, entre eles e elas, com certeza virão.
Direito ao esquecimento
Como resolver o problema dos animais de rua?
Como você classifica a gestão do prefeito João Gonçalves Jr. em Jaru?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Vila Burger LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS