VARIEDADE: Ministério do Turismo cria roteiro rural em várias regiões do Brasil

Rota Caminhos da Serra de Itabaiana, em Sergipe, proporciona experiências turísticas com base na elaboração do produto e de comidas típicas nele baseadas

VARIEDADE: Ministério do Turismo cria roteiro rural em várias regiões do Brasil

Foto: Divulgação

 

Ela é a cara da cozinha brasileira, ornando pratos com fartas doses de farofa ou empanados, e ainda ajuda a gerar emprego e renda a agricultores familiares. Estamos falando da farinha de mandioca, produzida em todas as regiões do país e que atrai visitantes para um roteiro de turismo rural apoiado pelo Ministério do Turismo na segunda edição do projeto Experiências do Brasil Rural.
 
Na Rota Caminhos da Serra de Itabaiana, em Sergipe, o visitante pode acompanhar o trabalho de uma casa de farinha, na qual duas famílias de mulheres se revezam a cada semana para elaborar comidas típicas e, assim, garantir seu sustento. De quebra, há a chance de consumir iguarias típicas regionais, preparadas em forno a lenha.
 
A capacitação de empreendedores para o aprimoramento de vivências do tipo constitui o foco do projeto do MTur, organizado em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Universidade Federal Fluminense (UFF). A iniciativa contempla, ainda, a Rota Verde do Café, em Guaramiranga e Mulungu (CE), onde a farinha de mandioca também é uma das estrelas.
 
A elaboração do alimento encontra um campo fértil no Brasil, pelo fato de a produção de mandioca estar presente de Norte a Sul. No Nordeste, o cultivo da planta é geralmente realizado por pequenos agricultores familiares, em estabelecimentos de pequeno porte, mas que contribuem para tornar o país um dos maiores exportadores mundiais da raiz.
 
PROJETO - Além dos roteiros de Sergipe e do Ceará, a nova edição do Experiências do Brasil Rural trabalha outras cinco rotas ligadas às cadeias agroalimentares do café, da cachaça e do mel. São elas Caminhos de Dona Francisca (SC); a Rota do Engenho (SE); a Rota Turística do Café; o Roteiro do Café e do Vinho; e a rota Do Genoma à Xícara, os três últimos de São Paulo.
 
Já a 1ª edição envolveu 8 roteiros, focados nas categorias de queijos, vinhos, cervejas e Frutos da Amazônia: a Rota Amazônia Atlântica (PA); a Terra Mãe do Brasil, Seus Caminhos, Segredos e Sabores (BA); o Agroturismo (ES); as rotas do Queijo Terroir Vertentes e Gourmet das Terras Altas da Mantiqueira (MG); o Caminhos do Campo (SC); a Ferradura dos Vinhedos e o Roteiro Farroupilha Colonial (RS).
 
O projeto busca fomentar a estruturação de destinos e empreendimentos da agricultura familiar associados ao turismo, a partir da capacitação de empresários e produtores rurais, com vistas à oferta de experiências memoráveis a visitantes. Ao final, os participantes têm suporte para inserir produtos e serviços no mercado turístico, como em bares, restaurantes e meios de hospedagem.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS