OFÍCIO: Pressão de Léo Moraes resulta na saída do presidente da Comissão da Transposição

OFÍCIO: Pressão de Léo Moraes resulta na saída do presidente da Comissão da Transposição

Foto: Divulgação

Um pedido promovido pelo deputado Léo Moraes (PODEMOS) ao Ministério da Economia poderá acelerar o moroso processo de transposição dos servidores rondonienses do antigo território para o quadro da União. 
 
Nesse documento, Léo Moraes expos ao ministro Paulo Guedes, o lento desempenho do presidente da Comissão Especial dos ex-Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima (CEEXT), Jamison França Vieira.
 
Apontando decisões contraditórias e inconsistentes, além da lentidão no trabalho desenvolvido, Léo Moraes pede que Jamison seja retirado de suas funções da Comissão. 
 
Léo Moraes também abordou a questão de novo prazo de entrega de documentos para os EBTT’s, professores leigos e demais, além do enquadramento das empresas de economia mista, como Caerd, Teleron, Caerd e demais.
 
“Sugerimos Vossa Excelência que promova a substituição do Presidente da Comissão e dos coordenadores jurídicos que não foram capazes de buscar soluções junto ao Poder Executivo durante anos”, afirmou Léo Moraes em seu ofício ao ministro Paulo Guedes. 
 
Em contato com a reportagem, o deputado Léo Moraes afirmou que já recebeu resposta para sua solicitação dando a saída como certa nesta próxima segunda-feira (9). A revisão de quebra de vínculo e também servidores de desvio de função foi pautada pelo congressista. 
 
O deputado ainda alegou que Rondônia vem sendo tratada de forma desigual, em relação aos estados de Roraima e Amapá, que também possuem servidores incluídos nesse processo. 

Documentos anexos

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS