BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COBRANÇA: Ada Dantas faz novas cobranças por asfaltamento da Avenida Calama

Com Pedido de Providência desde 05 de março de 2018, Ada Dantas continua com as cobranças para o recapeamento da avenida

ASSESSORIA

13 de Agosto de 2020 às 10:06

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (12) a vereadora Ada Dantas Boabaid (PDT) esteve na Avenida Calama, uma das principais vias que ligam a zona leste ao centro da Capital, e que  é utilizada diariamente por milhares de condutores, porém, trecho desta importante via ainda carece de asfaltamento, o que causa indignação na população. Com Pedido de Providência desde 05 de março de 2018, Ada Dantas continua com as cobranças para o recapeamento da avenida.
 
Ao final da Avenida Calama está localizado o empreendimento popular Residencial Cristal da Calama, onde residem milhares de pessoas, boa parte delas que trabalha na região central de precisa se deslocar diariamente para a região central de capital, porém, a falta de asfalto na avenida desde o empreendimento até as imediações da Rua Ernandes Índio faz com que os moradores sofram com a intensa poeira no verão. Na época das chuvas a lama é que prejudica os populares. Quem transita de moto chega empoeirado ou sujo de lama em seu local de trabalho.
 
Através do pedido de providência nº 1.333 de 05 de março de 2018, Ada Dantas solicitou à Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Básicos (Semisb), os serviços de encascalhamento, drenagem e asfalto para a Avenida Calama desde a Avenida Mamoré até o Cristal da Calama, Bairro Planalto. Ocorre que se passaram quase dois anos e o serviço ainda não foi executado.
 
A vereadora então fez reiteração de sua solicitação através do Pedido de Providência nº 3.615 em busca dos serviços para a comunidade, ressaltando que em setembro de 2017 o Prefeito de Porto Velho informou que o município possui R$2 milhões de reais oriundos de emenda parlamentar federal para o asfaltamento da Avenida Calama. O prefeito completou ainda que o valor não seria suficiente para fazer o serviço, mas que a prefeitura iria complementar o valor, afirmando que para fazer o asfalto seria necessário algo em torno de R$3 milhões de reais.
 
Ada Dantas cobra agilidade na realização do serviço de asfaltamento na Avenida Calama, pois a população exige que o recurso que foi encaminhado seja executado. “Estamos aguardando resposta da secretaria responsável. O asfalto para a Avenida Calama significa muito para aqueles moradores”, pontuou Ada Dantas.
 
O impasse continua e a comunidade permanece sofrendo sem asfalto. “A Avenida Calama já deveria estar asfaltada há muito tempo, porém, a ineficiência por parte da prefeitura faz com que a obra não aconteça. Não iremos descansar enquanto o asfalto não for colocado na Calama. Os milhares de moradores do Cristal da Calama e demais moradores do Bairro Planalto clamam por este asfalto, que mudará o dia a dia da população”, finalizou Ada Dantas.
 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS