BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONTROLE DE GASTOS: Audiência com o ministro da CGU e o diretor da IFI foi necessária, diz Confúcio

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) é o presidente da Comissão Mista do Congresso Nacional que analisa as despesas do governo federal relacionadas à covid-19

ASSESSORIA

15 de Julho de 2020 às 11:45

Foto: Divulgação

O senador Confúcio Moura (MDB-RO), presidente da Comissão Mista do Congresso Nacional que analisa as despesas do governo federal relacionadas à covid-19, disse que a audiência pública desta terça-feira (14), com o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário,  e o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente do Senado (IFI), Felipe Salto, foi  técnica, mas necessária para que as pessoas possam entender o presente e o futuro do nosso país em relação ao controle de gastos.
 
Durante duas horas e meia, os convidados da CGU e IFI, dois órgãos de controle, responderam aos senadores e deputados membros da comissão e aos não membros, além de internautas a respeito das perspectivas da transparência, execução orçamentária e financeira e das metas fiscais relacionadas ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil.
 
Confúcio Moura disse que Wagner do Rosário fez uma exposição das ações da Controladoria Geral da União durante a pandemia e respondeu todos os questionamentos. “Ele foi muito sereno e tranquilo nas respostas”, disse. Quanto ao Felipe Salto, o senador destacou que a sua participação foi igualmente importante. “É um homem que trabalha com contas públicas, ajustes fiscais, previsão de crescimento do Brasil. Faz uma análise crítica de contas públicas”, completou.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS