BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DEPUTADO FEDERAL: Nazif denuncia ao MPF o presidente da fundação palmares por racismo e injúria

O deputado federal Mauro Nazif (PSB- RO), apresentou representação ao Ministério Público Federal (MPF) contra o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, por crimes de injúria e racismo.

ASSESSORIA

08 de Junho de 2020 às 10:19

Atualizada em : 08 de Junho de 2020 às 11:33

Foto: Divulgação

O deputado federal Mauro Nazif (PSB- RO), apresentou representação ao Ministério Público Federal (MPF) contra o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, por crimes de injúria e racismo.
 
O pedido de investigação e suas consequentes ações penais, tem como base a gravação que veio a público, na qual Sérgio Camargo classifica o movimento negro como “escória maldita” e os chama de “vagabundos do movimento negro” e afirma que “Não vai ter nada para terreiro na Palmares, enquanto eu estiver aqui dentro. Nada. Zero. Macumbeiro não vai ter nem um centavo". Bem como as publicações no site oficial da Fundação, no dia 13 de maio, de artigos depreciativos a Zumbi, claramente contrários a história e luta do povo negro por igualdade. E ainda no mesmo dia, Sergio Camargo fez uso de suas redes sociais para postagens de conteúdos ofensivos nos quais afirma que Zumbi é “herói da esquerda racialista; não do povo brasileiro. Repudiamos Zumbi!", em clara violação ao propósito de resgate dos valores da influência negra no Brasil que é um dos pilares institucionais da Fundação Cultural Palmares.
 
Para Nazif, as declarações de Sérgio Camargo constituem crime, portanto devem ser apuradas, “ As diversas manifestações polêmicas do presidente da Palmares, demonstram um claro menosprezo e negação da importância de personagens e fatos históricos ligados ao movimento negro, configurando discurso de ódio contra os próprios negros, algo esdrúxulo e inimaginável a uma pessoa que ocupa o cargo de Presidente da Fundação Cultural Palmares. O que clama por uma ação urgente do Ministério Público, como órgão constituído para defender a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses sociais e individuais indisponíveis, e que abra investigação imediata para apurar as condutas do Sr. Sérgio Camargo”, disse Nazif.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Vereador Aleks Palitot verifica atendimento em UPAs

Vereador Aleks Palitot verifica atendimento em UPAs

O vereador conversou com a população que buscava atendimento e também com integrantes das equipes das unidades onde colheu informações para a elaboração de oficio a ser encaminhado ao Executivo cobrando as devidas tomadas de providência.

10 de Julho de 2020 às 15:06