BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORONAVÍRUS: Nazif apresenta projeto que prevê indenização a motoristas de aplicativos

Segundo o projeto a indenização deverá ser paga no prazo de 30 dias após a apresentação de exame laboratorial comprovando a contaminação

ASSESSORIA

08 de Maio de 2020 às 14:40

Foto: Divulgação

O deputado federal Mauro Nazif (PSB - RO), apresentou o Projeto de Lei 2379/20, na segunda, 04, que obriga empresas com serviços de plataformas digitais a pagar uma indenização no valor de R$ 2 mil reais, aos trabalhadores externos, como motoristas de aplicativo e entregadores de mercadorias contaminados pelo coronavírus.
 
Segundo o projeto a indenização deverá ser paga no prazo de 30 dias após a apresentação de exame laboratorial comprovando a contaminação. “Estes trabalhadores estão mais sujeitos a contaminação que outros, devido ao seu trabalho. São pessoas que não tem como ficar em isolamento social, justamente por que seu trabalho é realizado para que outros, pratiquem o distanciamento social, evitando sair às ruas”, explica Mauro. 
 
“Então nada mais justo que se forem obrigados a parar de trabalhar, seja pela imposição da quarentena seja porque ficaram incapacitados para a atividade profissional recebam uma indenização, Até por quê, devido à nossa crise econômica, anterior a atual pandemia, a maioria desses trabalhadores tem como principal ou única fonte de renda a prestação de serviços por meio das plataformas digitais”, disse Nazif. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

Ministro da Educação anuncia, por meio de rede social, adiamento do prazo para se habilitar à prova. Pagamentos podem ser feitos até um dia depois da data final para garantir a participação. Até o meio-dia de ontem, mais de 5 milhões de pessoas tinham feito o cadastro

23 de Maio de 2020 às 10:36