BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

RESERVA INDÍGENA: Léo Moraes propõe caixas eletrônicos

De acordo com Léo Moraes, a região onde fica localizada o município de Guajará Mirim é uma dessas áreas que precisa dessa atenção especial

Assessoria

15 de Abril de 2020 às 19:25

Atualizada em : 16 de Abril de 2020 às 15:14

Foto: Divulgação

O deputado Léo Moraes (PODEMOS) manifestou preocupação com a possibilidade do contágio por COVID-19 de comunidades indígenas e extrativistas que moram em áreas isoladas no estado de Rondônia.

 

Essas pessoas possivelmente se deslocarão até o perímetro urbano dos munícipios na busca da retirada do beneficio social disponibilizado pelo Governo Federal. A grande maioria deles, não possui acesso à internet ou utilizam serviços bancários on-line.

 

De acordo com Léo Moraes, a região onde fica localizado o município de Guajará Mirim é uma das áreas que precisa dessa atenção especial. Uma medida que amenizaria essa questão seria a instalação de caixas eletrônicos em pontos estratégicos.

 

“Nessa região temos comunidades ao entorno do rio Rio Pacaás Novas, a reserva Indígena do Rio Negro Ocaia, as comunidades indígenas de Sagarana, Ricardo Franco, Sotero e outras pequenas localidades que precisam de ações urgentes para garantir que as pessoas que ali vivem não se desloquem até a cidade na busca do beneficio social, aumentando mais ainda o risco de contágio em massa”, afirmou Léo Moraes.

 

O barco hospital utilizado para o atendimento médico de algumas dessas comunidades também poderia ser utilizado como ponto de atendimento bancário, garantindo o isolamento social, medidas que serão cobradas por Léo Moraes no Congresso Nacional.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS