BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ELEIÇÕES 2014 – Candidata Bruna Mota visita Rondoniaovivo e fala sobre campanha e projetos

A candidata traz em seu projeto administrativo a proposta de criação de um centro assistencial para pacientes em trânsito em Porto Velho que ofereça suporte médico e social para os milhares de moradores do interior de Rondônia que anualmente procuram a ca

Da Redação

09 de Setembro de 2014 às 09:55

Foto: Divulgação

O jornal eletrônico Rondoniaovivo recebeu a visita da candidata à deputada estadual pelo Partido da Social Democracia Cristã, Bruna Ziviani Hernandes Mota, conhecida politicamente pelo nome de Bruna Mota.

Considerada uma política com os preceitos baseados na filosofia Cristã, Bruna Mota é a atual presidente do PSDC Mulher e líder de ações que realizam diversas atividades com foco no apoio social à comunidade.

De acordo com a candidata, que enfrenta seu primeiro pleito, a decisão de lançar-se à disputa eleitoral se deu pela forma como ela vem enxergando a falta de empenho dos gestores responsáveis por garantirem o bem estar da sociedade rondoniense.

Bruna Mota também é apresentadora do programa Adoradoras, transmitido todos os domingos na Rede TV. Atualmente ela está afastada da apresentação do programa devido à campanha eleitoral.

“Eu tomei a decisão de me candidatar, pois cansei de esperar que nossos deputados tragam resultados reais a sociedade, entra gestão e sai gestão e nada muda, aliás, as coisas só pioram, vivemos atualmente em um estado onde a criminalidade é assustadora e não vemos nenhuma medida efetiva sendo feita para evitar o problema em sua base, que é a sociedade, um intenso trabalho na educação, no acesso à cultura, ao esporte, ao lazer, e principalmente á saúde, precisa ser feita no estado de Rondônia, estamos clamando por medidas sociais que resgatem os princípios da família e do crescimento do cidadão, por esse motivo me coloquei a disposição do eleitorado nesta campanha”,  disse Bruna Mota.

Para a candidata, a atual compositura legislativa de Rondônia esqueceu sua função principal, a de fiscalizar. Ela acredita que se os deputados estivessem em cada obra cobrando agilidade, presente nos hospitais verificando os trabalhos realizados nas unidades, nas ruas ouvindo a comunidade, muitos problemas que tanto mal trazem para a sociedade poderiam ser evitados.

“Existe uma falta de responsabilidade muito grande com o povo. Caso tenha a oportunidade de assumir uma cadeira no legislativo minha primeira ação será verificar, fiscalizar as obras inacabadas, principalmente as creches e escolas que estão prontas e jamais iniciaram suas atividades”, falou Bruna Mota.

A candidata traz em seu projeto administrativo a proposta de criação de um centro assistencial para pacientes em trânsito em Porto Velho que ofereça suporte médico e social para os milhares de moradores do interior de Rondônia que anualmente procuram a capital para tratamentos clínicos não disponíveis em suas cidades de origem.

“Infelizmente muitas famílias de baixa renda do interior de nosso estado são obrigadas a virem para a capital na busca de atendimento médico para seus parentes, mesmo com a existência de algumas casas de apoio montadas pelas prefeituras, é necessário que seja criado um grande Centro Assistencial, não apenas para os pacientes, mas para seus familiares. Esse projeto é uma das minhas principais propostas que integram meu plano de gestão legislativa”, disse a candidata Bruna Mota.

Mãe e evangélica, Bruna Mota ressaltou a importância de um projeto de renovação na politica rondoniense, de acordo com ela, é necessário à renovação tanto dos políticos, quanto do pensamento do eleitorado.

“Durante a campanha já fui interpelada por diversos eleitores que vieram pedir favores em troca do voto, é gasolina, passagem e até dinheiro, o problema é que não podemos fazer mais esse tipo de campanha. É necessário que o eleitor análise em quem votar e peça as melhorias para toda a comunidade depois de seu candidato eleito. Eu acredito que por tudo que vivemos em nosso estado, uma profunda renovação é necessária, o eleitor precisa de novos representantes comprometidos com a sociedade”, finalizou a candidata Bruna Mota.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS