MEIO MILHÃO: Delegado explica como criminosos agiam durante roubos milionários

"Eles também são suspeitos de outros roubos na cidade e quem reconhecer deve procurar a delegacia de Patrimônio", disse Vinicius Lucena

O delegado Vinicius Lucena, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (21) e passou mais detalhes da Operação Janus deflagrada pela Polícia Civil em Porto Velho (RO).
 
 
A ação cumpriu cinco mandados de prisão contra os assaltantes  Durvalino Moreno Gomes Neto, Rafael Falcão Maia, Jeandresson Gomes Camurça, Leonardo Amorim de Araújo, Alexsandro Silva Lopes, acusados de uma onda de roubos e furtos em comércios de Porto Velho (RO).
 
O chefe da quadrilha, Josevan Monteiro Rodrigues, vulgo "Neguinho Taxista" está foragido.
 
 
Conforme o delegado, a quadrilha chefiada pelo taxista foi a responsável pelos roubos nas lojas Porto Soft e Shopping dos Celulares ocorridos no final do ano passado na região Central da capital. Pelo menos R$ 500 mil em mercadorias foram levados.
 
 
"Eles também são suspeitos de outros roubos na cidade e quem reconhecer deve procurar a delegacia de Patrimônio", disse Vinicius Lucena. 
Todos os criminosos presos hoje já estavam na cadeia por crimes comedidos recentemente. 

Galeria de Fotos da Notícia

MEIO MILHÃO: Delegado explica como criminosos agiam durante roubos milionários

MEIO MILHÃO: Delegado explica como criminosos agiam durante roubos milionários

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS