BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

Os agentes da Polícia Civil, sob o comando do delegado Marcelo Resem iniciaram as investigações após um furto ocorrido na loja Brasão Militar

RONDONIAOVIVO

19 de Agosto de 2020 às 13:59

Atualizada em : 20 de Agosto de 2020 às 08:41

 

A Operação Pilhagem deflagrada na manhã desta quarta-feira (19) pela Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio prendeu 13 criminosos que vinham praticando uma onda de furtos em lojas de Porto Velho (RO). Pelo menos 10 estabelecimentos comerciais foram alvos da quadrilha, totalizando um prejuízo de R$ 500 mil aos empresários.

 

Os agentes da Polícia Civil, sob o comando do delegado Marcelo Resem iniciaram as investigações após um furto ocorrido na loja Brasão Militar,  localizada na Avenida Abunã, bairro Liberdade.
 
Várias fardas e acessórios das forças policiais foram subtraídos na ocasião. Parte delas a própria Delegacia de Patrimônio conseguiu recuperar dias após o crime.
 
Durante as investigações, os policiais descobriram que os criminosos integravam uma quadrilha especializada e faziam furtos em lojas diversas usando equipamentos para arrombamentos dos estabelecimentos. 
 
VEJA MAIS
 
 
 
 
 
 
 
 
Alguns dos bandidos eram eletricistas e ficavam responsáveis por desligar o sistema de monitoramento das empresas. Em uma loja na Avenida Nações Unidas, os bandidos levaram R$ 70 mil em equipamentos industriais e residenciais. Em um depósito de panelas, utensílios domésticos, o prejuízo estimado foi de R$ 100 mil.
 
Na zona Sul, em uma empresa de celulares, os criminosos levaram R$ 53 mil em aparelhos telefônicos. A polícia calcula que pelo menos R$ 500 mil de produtos furtados em lojas foi cometido pelo bando. Algumas das mercadorias foram recuperadas pela Polícia Civil durante a operação.
 
 
Os veículos usados pelo criminosos modelos Gol, Saveiro, HB20, uma Honda Biz e um Onix foram apreendidos pela polícia.
 
Com a prisão dos 13 criminosos, a Polícia Civil cumpriu 35 decisões judiciais, haja vista que alguns dos acusados possuíam até cinco mandados em seu desfavor. Os investigadores buscam agora prender as pessoas que compravam as mercadorias furtadas.

Galeria de Fotos da Notícia

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

OPERAÇÃO PILHAGEM: Quadrilha invadiu 10 lojas e aplicou prejuízo de meio milhão a empresários

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS