FATAL: Capataz morre após levar coice de mula que estava domando em fazenda

Douglas havia alertado companheiros que animal era muito coiceiro

FATAL: Capataz morre após levar coice de mula que estava domando em fazenda

Foto: Divulgação

 

Um rapaz de 27 anos, identificado como Douglas Araújo dos Santos, morreu no início da tarde da última sexta-feira, 18, domando uma mula na Fazenda Bandeirante, em Novo Plano, distrito de Chupinguaia (RO).
 
O jovem peão, que havia sido nomeado capataz da propriedade havia apenas dois meses, estava domando uma mula chucra, quando o animal o atacou com um coice fatal.
 
De acordo com um colega de trabalho da vítima, a mula deu um pinote e Douglas voou da sela, caindo em pé, atrás do animal, que o golpeou com as duas patas na altura do tórax.
 
O domador, segundo a testemunha, ainda sorriu após o golpe, mas caiu após dar alguns passos e se sentar no chão. Antes de morrer, o jovem sangrou pela boca e o nariz. Segundo avaliação de amigos, o coice teria quebrado suas costelas e perfurado os pulmões, levando a uma hemorragia interna.
 
A esposa do capataz, com quem ele teve um filho, Daniel Lucas, hoje com 07 anos, precisou andar até um local com acesso à internet, para avisar os familiares sobre o acidente.
 
Uma ambulância da prefeitura de Chupinguaia, com uma enfermeira a bordo, foi ao local, onde a profissional de saúde constatou que o rapaz estava morto.
 
Nascido e criado na região de Chupinguaia, filho de peão, Douglas já havia trabalhado em outras fazendas e há algum tempo vinha tentando amansar a mula. Ele avisava os companheiros de trabalho para terem cuidado com o animal, que era muito coiceiro.
 
“Ele morreu fazendo o que gostava”, disse uma amiga da família, informando que o velório de Douglas, cujo corpo veio para Vilhena, a fim de passar pela necropsia, será realizado na Capela Mortuária de Chupinguaia.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS