NÃO RESISTIU: Comerciante rondoniense morre em decorrência de complicações da covid-19

Queliton não tinha doenças pré-existentes

NÃO RESISTIU: Comerciante rondoniense morre em decorrência de complicações da covid-19

Foto: Queliton Ferreira Rodrigues ao lado da esposa, Vaneiza

 

Faleceu na tarde da última quarta-feira, 16, em Porto Velho, o comerciante Queliton Ferreira Rodrigues. Ele tinha 34 anos e havia sido transferido no dia 05 de junho, de Chupinguaia (RO) para a capital.
 
De acordo com a mãe do comerciante, dono de uma loja do segmento de segurança no trabalho em Cacoal, ele havia se queixado de febre e, quando fez o exame para Covid, o resultado deu positivo.
 
Como era casado com a médica Vaneiza Estella Pereira Alves, que atua na rede municipal de Chupinguaia, foi levado por ela para ficar ao seu lado. Ao notar que o quadro do marido havia se agravado, a profissional de saúde orientou a transferência para Porto Velho.
 
Queliton, que se dividia entre sua loja em Cacoal e as visitas à esposa em Chupinguaia, será sepultado na primeira cidade, onde reside a família de Vaneiza.
 
Ainda abalada com a perda, a médica disse ao Folha do Sul que o marido estava se recuperando, mas no oitavo dia da infecção, considerada a fase final da ação do vírus, a situação piorou.
 
“Essa doença é muito traiçoeira”, disse a profissional, acrescentando que o marido não tinha comorbidades.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS