BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MP obtém liminar para que Energisa forneça energia de qualidade

O Ministério Público também relata que, conforme informado pelo Procon local, somente em relação ao Município de Ariquemes, a quantidade de reclamações em aberto contra a empresa atingiu o total de 514, no período de 1º de janeiro de 2019 a 14 de novembro do mesmo ano.

ASSESSORIA

23 de Novembro de 2020 às 08:53

Atualizada em : 24 de Novembro de 2020 às 15:31

Foto: Divulgação

O Ministério Público de Rondônia obteve junto ao Poder Judiciário decisão liminar, determinando que a Empresa Energisa  S/A adote, no prazo de cinco dias, as providências necessárias para a realização da prestação de serviço de fornecimento de energia elétrica contínua e de qualidade na cidade de Ariquemes, especialmente nos Setores Jorge Teixeira e Áreas Especiais, na região localizada entre as Avenidas Canaã e Candeias.
 
A decisão liminar foi concedida em ação civil pública, proposta pela Promotora de Justiça Elba Souza de Albuquerque e Silva Chiappetta, em razão de diversas reclamações recebidas de consumidores sobre a má qualidade do serviço de energia elétrica ofertado, especialmente, em determinados bairros de Ariquemes.
 
Na ação, o MP pontua que dentre as principais reclamações dos consumidores estão oscilações de energia; interrupção do fornecimento; cobranças abusivas; desligamentos arbitrários, sem aviso; não atendimento das reclamações em tempo hábil, principalmente as que são consideradas de prioridade;  realização de avaliações em aparelhos de medições por laboratórios não credenciados; uso de equipamentos não calibrados; cobrança por recuperação de consumo de forma indevida e, ainda, corte de energia nos fins de semana e feriados.
 
O Ministério Público também relata que, conforme informado pelo Procon local, somente em relação ao Município de Ariquemes, a quantidade de reclamações em aberto contra a empresa  atingiu o total de 514, no período de 1º de janeiro de 2019 a 14 de novembro do mesmo ano.
 
Em 2020, os problemas seguiram sendo registrados. No dia 19 de setembro, por exemplo, moradores da área localizada ao longo das Avenidas Canaã e Candeias, Setor Áreas Especiais, ficaram sem energia elétrica por quase cinco horas. Em todo o bairro Jorge Teixeira, nos dias 18, 19, 20, 21 e 22 de setembro, houve interrupção do fornecimento, tendo os consumidores permanecido sem energia elétrica por período superior a 12 horas.
 
Diante da situação, o MP chegou a expedir ofício à concessionária, solicitando a adoção de providências, não tendo, entretanto, obtido resposta formal.
 
Decisão - O Juízo da 3ª Vara Cível de Ariquemes acatou os argumentos do Ministério Público e deferiu a medida liminar, determinando que a empresa adote providências para o fornecimento de energia contínua de qualidade em Ariquemes, especialmente nas áreas identificadas. Na decisão, também ficou estabelecida a inversão do ônus da prova, na forma do artigo 6º, inciso VIII, do Código de Defesa do Consumidor.
 
Nota da Energisa
A Energisa reitera sua confiança no plano de trabalho que desenvolveu para Rondônia, que inclui cerca de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura para melhoria da qualidade da energia fornecida e ganhos de eficiência para toda a população. Como resultado desses investimentos, os dados reportados para a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que a frequência e duração das quedas de energia no município de Ariquemes diminuiu mais de 20% nos últimos 12 meses. 
 
A empresa está em contato permanente com o poder público com objetivo de dar transparência as suas iniciativas e vai apresentar todas as informações solicitadas, inclusive os detalhes do plano de contingência adotado para minimizar o efeito das fortes chuvas e ventos que desde o fim de agosto lançam galhos de árvores e objetos na rede em todo o estado, com impacto no fornecimento.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS