BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ROLIM DE MOURA: Secretaria de Saúde e Polícia Militar vão intensificar a fiscalização

Quem descumprir o decreto, será autuado

Rolim Notícias

13 de Junho de 2020 às 08:52

Atualizada em : 13 de Junho de 2020 às 08:53

 

ROLIM NOTÍCIAS - Na manhã da última sexta-feira, dia 12, no centro de Rolim de Moura RO, foi realizado uma Blitz educativa com o objetivo de alerta a população sobre a importância de prevenir  contra a COVID-19 e lembrar que serão multados os que desrespeitarem o decreto municipal. 

 
“Em reunião com os órgãos públicos de todos os setores, como Polícia Militar, Civil, Ministério Publico, Secretária de Saúde e Prefeitura, ficou determinado através dessa blitz educativa aqui refrescar a memória da população sobre o Decreto Municipal e lembrar sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, é uma das medidas. Em Rolim de Moura nós últimos dias  tem diagnosticado em aproximadamente 15 casos por dia e precisamos parar isso e depende da população. Hoje é uma blitz educativa, porém a partir de sábado, dia 13,  vamos cumprir o decreto e quem estiver sem máscara será autuado no valor de R$ 93, 50 (noventa e três reais e cinquenta centavos), outra recomendação é evitar aglomerações, não será permitido como tem acontecido aglomeração na praça e pista de caminhada, essa é uma medida para evitar que o município entre em Lockdown”, destaca o diretor da Vigilância Sanitária, Arildo dos Santos. 
 
A Polícia Militar também fará parte desta fiscalização em Rolim de Moura e o Comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, Capitão PM Thiago Campos, ressalta, “nós sabemos que vivemos numa condição grave em termos de saúde, os hospitais já estão na sua capacidade máxima e a Polícia Militar adota agora uma postura mais repressiva, então toda pessoa que for encontrada e identificada dolosamente, conscientemente de modo planejado desrespeitando as regras estabelecidas pelas autoridades competentes a Polícia Militar estará lavrando um termo circunstanciado de ocorrência que é um auto de infração para os delitos de menos potencial ofensivo e em seguida será encaminhado ao judiciário, o que queremos é preservar nossas vidas, então fazendo isso pensando no bem de todos”, explica o Capitão PM Thiago Campos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS