DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

Filas enormes são formadas todos os dias, além de erros no leitor digital

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

Foto: Arquivo Pessoal

Um servidor do hospital João Paulo II, que preferiu não se identificar, procurou o Rondoniaovivo para denunciar o descaso que vem acontecendo diariamente no local. Segundo o mesmo, um ponto eletrônico foi recentemente instalado, há aproximadamente um mês e meio e tem gerado caos na unidade de saúde. 
 
 
O grande problema segundo o denunciante, é que foi instalado apenas um ponto, o que tem ocasionado filas enormes para os servidores registrarem seus horários de entrada e saída. Isso em meio a macas, pacientes e lixo, uma grande desorganização, de acordo com ele. 
 
 
O hospital João Paulo II possui muitos funcionários e apenas um local para registro de ponto não é suficiente para atendê-los sem causar filas e transtorno. 
 
 
Outro problema são os erros que o leitor vem apresentando na hora de registrar o ponto, hora ele registra só entrada, ou saída e as vezes nenhum dos dois.
 
 
O denunciante aproveita o espaço para fazer mais um apelo, “A maioria dos setores estão assim, sem papel toalha para limpar as mãos... a firma não forneceu e dizem que só vai ter dia 1°”. Foto abaixo: 
 
 
 
Os funcionários esperam que a Secretária de Saúde e demais órgãos competentes tomem providências quanto a estes problemas, que tem tornado suas jornadas de trabalho ainda mais exaustivas.
 
 
Respostas
 
 
O Rondoniaovivo entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde de Rondônia (SESAU), a respeito da denúncia, que via acessória enviou a nota: 
 
 
Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde - SESAU, informa que foram instalados dois aparelhos para controle de ponto e registro biométrico dos servidores de saúde do Pronto Socorro João Paulo II, conforme determinação do Tribunal de Contas de Rondônia - TCE-RO, entretanto um dos aparelhos apresentou defeitos e teve que ser enviado para manutenção (conserto). Evidenciamos que os episódios de filas na unidade, ocorrem por uma sobrecarga momentânea, tão logo o período de adaptação se finaliza e o serviço de controle de ponto se restabelecerá em sua totalidade. 
 
Em tempo, acrescentamos que a Sesau conta com processo de compra para aquisição de 100 novos aparelhos de ponto eletrônico, que atenderá às demandas das unidades hospitalares estaduais. 
 
Nos colocamos à disposição para mais informações. 
 
 
 
Gerência de Comunicação Sesau 
Fone: (69) 3216-7353 
 
 

Galeria de Fotos da Notícia

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

DENÚNCIA: Funcionários do João Paulo II relatam dificuldades para registrar ponto

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Professores e policiais militares devem ter direito à isenção de IPVA?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS