SANEAMENTO BÁSICO: Hildon diz que tratamento de água e esgoto não vai alterar valor da tarifa

Prefeito disse que lençol freático está contaminado, mas com a construção do sistema, este cenário deverá mudar

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), voltou a falar sobre a proposta de saneamento básico que ele pretende implantar até o início de 2022. A declaração foi durante o programa ‘Conexão Rondoniaovivo’, desta terça-feira (5).
 
Na última semana, Hildon Chaves anunciou o projeto vencedor da Parceria Público Privada (PPP) para implantação de água e esgoto em Porto Velho. As três maiores empresas da América Latina, no ramo, concorreram, porém, a BRK Ambiental venceu.
 
Segundo Hildon, a prefeitura não terá custos com construção do sistema. Isso porque, a instituição vencedora da licitação que deve acontecer em breve, receberá por cerca de 10 anos, a tarifa de água paga pelos consumidores de forma unilateral.
 
O prefeito disse também que o valor da tarifa permanecerá o mesmo.
 
Atualmente, a prefeitura tem concessão com a empresa pública Caerd, no entanto, segundo Chaves, este acordo será desfeito. Hildon afirmou que essa quebra de parceria com a Caerd, seria por descumprimento das obrigações por parte da empresa do Governo do Estado.
 
Lençol freático comprometido
 
“Recentemente a pedido da secretaria Municipal de Saúde, foi feito uma pesquisa com aproximadamente 60 amostras, que comprovaram que praticamente todo o lençol freático de Porto Velho está contaminado, entre outras coisas, com coliformes fecais e etc”, essa declaração polêmica foi feita pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, também durante o programa desta terça.
 
Em sua fala veemente, Hildon ainda prosseguiu. “Eu e você que nos assiste, quando nós vamos escovar os dentes, essa água provavelmente, possivelmente, nós estamos escovando com pasta de dente, água e fezes”, disse Hildon. 
 
O prefeito afirmou que nesses mais de um século, a capital nunca teve um serviço de saneamento básico e que tudo é depositado no subsolo, inclusive detritos humanos.
 
O prefeito disse que a maior conquista para se comemorar os 107 anos da cidade – data que foi comemorada na última sexta-feira (2) –, é a implementação de um serviço que leve água tratada a toda a população e ele pretende implantá-lo. 
 
Atualmente, Porto Velho está na posição 98º, entre as 100 maiores cidades do país, que têm os piores saneamentos básicos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS