PORTO VELHO: Casa do Ancião recebe melhorias para garantir assistência aos idosos

Atualmente, a Casa assiste a 26 idosos, dos quais seis são mulheres e 20 homens

PORTO VELHO: Casa do Ancião recebe melhorias para garantir assistência aos idosos

Foto: Divulgação

 

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), adquiriu para a Casa do Ancião São Vicente de Paula, materiais de enfermagem e de saúde coletiva, equipamentos de proteção individual (EPIs), conjunto de sofás para uso comum, entre outros produtos relativos aos cuidados e ao bem-estar dos idosos em Porto Velho. Atualmente, a Casa assiste a 26 idosos, dos quais seis são mulheres e 20 homens.
 
A Casa do Ancião é uma das 11 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) beneficiadas em Rondônia com a captação de recursos do Fundo Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (FNDPI), destinados pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), em atendimento à Lei 14.018/2020, criada para prestar auxílio financeiro emergencial às instituições em todo o País diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
 
Ao criar este auxílio, cujo valor estimado a ser repassado para todo o País é de cerca de R$ 160 milhões, o Governo Federal considerou que, neste período de pandemia, diversas entidades tiveram redução de visitas e impactou no recebimento de doações para manutenção de suas atividades. Pelo menos 2.118 instituições públicas e privadas foram habilitadas pela Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), que integra a estrutura organizacional do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.
 
O Governo de Rondônia recebeu, até agora, R$ 53.401,40 dos quais, 64,43% (R$ 34.411,51) foram aplicado em melhorias para a Casa do Ancião. O restante será aplicado em uma segunda etapa que contemplará, a compra de insumos e de equipamentos básicos de segurança e higiene, aquisição de medicamentos e adequação de espaços para o isolamento de pacientes.
 
As outras 10 instituições contempladas com os recursos em Rondônia são o Lar Fraterno da Terceira Idade/Centro Espírita Allan Kardec (Ariquemes), Associação Beneficente São Camilo e Casa Assistencial Abrigo Nosso Lar (Cacoal), Asilo São Vicente de Paulo e Casa Lar (Espigão do Oeste), Casa do Ancião de Guajará-Mirim, Lar do Idoso Manoel Clemente de Souza (Jaru), Lar do Idoso Aurélio Bernardi (Ji-Paraná), Associação para Promoção da Vida, Dignidade e Esperança do Ancião – Promo-Vida (Ouro Preto do Oeste), Lar Espírita da Terceira Idade André Luiz (Porto Velho) e Lar dos Idosos Maria Tereza da Lamarta (Vilhena).
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS