CRISE NA SAÚDE: UPA Sul fecha as portas por superlotação de pacientes com Covid-19

Unidade é referência no combate a covid-19 em Porto Velho

CRISE NA SAÚDE: UPA Sul fecha as portas por superlotação de pacientes com Covid-19

Foto: Toni Francis

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona Sul, teve que ‘fechar’ as portar na noite da última sexta-feira (12), em Porto Velho (RO). A unidade é referência no combate a covid-19. A informação foi confirmada pela prefeitura através de nota.
 
Segundo a gestão, a UPA chegou a 122% de ocupação e precisou frear o atendimento de novos pacientes. 
 
Na nota, a prefeitura afirma que não havia condições de atender novos infectados. No texto é informado também que 27 pacientes em estado grave já estavam sendo atendidos no local, por esse motivo, não estava em condições de abrir as portas para receber novos pacientes de livre demanda.
 
O atendimento só estava permitido para pessoas reguladas pelo SAMU, que estivessem com sintomas graves.
 
Já na manhã deste sábado (13), a UPA Sul voltou a atender normalmente, na manhã desse sábado (13). Segundo a secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini, ao longo da madrugada, novos leitos foram aparecendo em hospitais do Estado e vários pacientes foram transferidos.  
 
Porto Velho vive o pior momento da pandemia com mais 1.100 vidas perdidas para a covid-19 e 51.478 casos confirmados, desde o início da pandemia, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).
Direito ao esquecimento

Você acha que os escândalos do Governo Bolsonaro prejudicam a pré-candidatura à reeleição?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS