BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

FLECHADA: Polícia Federal investiga assassinato de sertanista Rieli Franciscato

Policiais da delegacia da PF, em Ji-Paraná, já estão em campo fazendo os primeiros levantamentos

RONDONIAOVIVO

10 de Setembro de 2020 às 14:56

Atualizada em : 11 de Setembro de 2020 às 08:46

Foto: Divulgação

 

A morte do sertanista e indigenista Rieli Franciscato, ocorrida na última quarta-feira (09), na cidade de Seringueiras, interior de Rondônia, por flechadas de índios isolados será investigada pela Polícia Federal.

 

A assessoria de Comunicação da PF, informou que a delegacia responsável pelo caso, é a de Ji-Paraná que, já está com uma equipe fazendo os primeiros levantamentos do caso. O motivo das investigações ficarem a cargo da PF, se deve ao fato de que a vítima era servidor federal, no exercício da função.

 

Outra informação repassada pela assessoria é a de que está sendo instaurado um inquérito policial e mais informações serão prestadas no final das investigações.

 

 

A Prefeitura de Seringueiras, município onde ocorreu a morte de Rieli Franciscato, através do chefe de gabinete, Inaldir Pereira Rocha, declarou em nota que a responsabilidade pelo caso é da Funai e do Governo Federal.

 

Leia a nota da Prefeitura de Seringueiras:

 

Só temos a lamentar pelo triste incidente, por se tratar de uma área indígena de responsabilidade do Governo Federal. Só nos resta lamentar e sermos solidários com a família da vítima. No mais é o Governo Federal, por meio da FUNAI, que pode responder por mais alguma coisa.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS