BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Reunião na Caixa Econômica debate a implantação de projeto piloto da proposta "Quintais Produtivos"

Reunião na Caixa Econômica debate a implantação de projeto piloto da proposta "Quintais Produtivos"

Da Redação

25 de Abril de 2014 às 07:55

Foto: Divulgação

Foi realizado na sede da Superintendência Regional Rondônia da Caixa Econômica Federal (CEF), nesta quinta-feira (24) uma reunião do gerente regional Wilson Souza e da gerente Elenice Carraro da Gerência Executiva de Habitação (GIHAB) e equipe, com representantes do Ministério da Integração Nacional, da Federação dos Trabalhadores da Agricultura (FETAGRO), da Confederação dos Trabalhadores da Agricultura (CONTAG) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Em pauta um inédito projeto denominado "Quintais Produtivos", que é uma proposta que está sendo nacionalmente discutida e visa incrementar a produtividade no campo.

O projeto consiste em fornecer Kit de irrigação, insumos e equipamentos para beneficiamento da produção, com recursos Ministério da Integração, via Ministério das Cidades e gestão via Caixa Econômica Federal, para produção em pequenas áreas que variam de 500 m² a 2.500 m², com o objetivo de garantir a segurança alimentar, geração de renda e fixação das famílias de agricultores no campo, todo este processo priorizará a produção Agroecologica.

Este projeto será desenvolvido conjuntamente com o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) e tem como público preferencial as famílias beneficiadas pelo PNHR. A proposta que nasceu inicialmente da mobilização nacional das mulheres denominado Marcha das Margaridas e Jornada das Margaridas realizada em agosto do ano passado em Brasília, é voltado principalmente ao fortalecimento da autonomia econômica  e organização produtiva das as mulheres.

Objetivo da reunião foi propor à CEF uma parceria com o Ministério da Integração para implementação em Rondônia de um projeto piloto dessa proposta, que foi encaminhada pela CONTAG/FETAGRO ao Governo Federal. Rondônia seria o primeiro Estado a ser beneficiado pelo projeto servindo de referência para posterior criação do Programa Quintais Produtiva.

Os representantes da Caixa Econômica foram muito receptivos ao projeto e se dispuseram a implementar o piloto do futuro programa, após a autorização da diretoria Nacional da instituição bancária. Próximo passo agora será uma reunião em Brasília com o Ministério das Cidades, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério Integração, Ministério do desenvolvimento Social e Combate a Fome, Caixa Econômica e CONTAG, para detalhar a operacionalização do projeto, sendo estas negociações do Grito da Terra Brasil.

A secretária de Mulheres da CONTAG, Alessandra Lunas, manifestou sua satisfação com a receptividade da CEF de Rondônia ao fortalecimento da implementação do Plano Nacional de Agroecologia com o apoio a proposta de fortalecimento da produção do "Quintal Produtivo". A secretaria de meio ambiente da FETAGRO, Creonice Vilarim ressaltou que o início de um projeto desta importância em Rondônia reflete o grau de organização dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) e da Federação. Itamar Ferreira, presidente da CUT, destacou que "um programa da importância dos Quintais Produtivos só está sendo possível porque temos um governo federal que enxerga a importância da agricultura familiar".

Participaram da reunião, também, Izabel Oliveira Secretaria de Mulheres da FETAGRO manifestando o quanto esta proposta é importante para a vida das mulheres que na sua maioria tem muita dificuldade de acesso a apoio via credito, receber o apoio via transferência e ainda conjunto com a Habitação Rural, significa uma mudança importantíssima na vida destas famílias, mas em especial na vida das mulheres; José Cícero Alves vice-presidente e Sandra Felycio secretaria de juventude, ambos da CUT e assessores.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS