Origem italiana, religião e proibição: a história do bingo no Brasil

O bingo tem origem na Idade Média italiana, mais especificamente na política

Origem italiana, religião e proibição: a história do bingo no Brasil

Foto: Divulgação

O bingo é um jogo de probabilidades. Basicamente, os jogadores têm uma cartela com números aleatórios. Logo, os números são sorteados e cada jogador deve marcar o número correspondente, até formar uma linha ou coluna com todos os números marcados.

 

A premiação varia de acordo com cada jogo. Pode haver um prêmio para cada linha ou coluna, assim como pode haver apenas um grande prêmio para quem vencer mais jogos em uma noite.

 

O curioso é que o jogo do bingo existe há mais de quatro séculos, sendo utilizado tanto para diversão como para beneficência.

 

A origem

 

O bingo tem origem na Idade Média italiana, mais especificamente na política. O governo da cidade de Gênova tinha como costume trocar os membros dos conselhos políticos locais através de sorteios.

 

Os nomes eram colocados em bolas de igual tamanho, peso e cor sólida, e eram retiradas de uma urna. O sorteio buscava a transparência e a rotatividade dos nomes, dando chances iguais a todos os representantes genoveses.

 

Porém, foi só em 1530 que o sorteio se transformou em jogo de sorte. Baseado no método eletivo, os italianos criaram o que eles chamaram de “Lo Giuoco del Lotto”, uma espécie de loteria da época.

 

O jogo, que ocorria todos os sábados, era uma maneira justa de distribuir excedentes financeiros dos tributos pagos pelo povo. Era tanto o sucesso entre os italianos que, na década de 1770, o jogo se estendeu através das fronteiras europeias, fazendo-se popular também na França e, mais tarde, na Alemanha.

 

A popularização

 

O jogo se popularizou muito na aristocracia francesa do século XVIII. Os encontros, além de oferecer generosos prêmios, eram ponto de encontro dos nobres fidalgos franceses. Já na Alemanha, o jogo era mais educativo que pomposo. Ele foi adaptado aos colégios alemães com a intensão de ajudar os alunos a memorizar diferentes conteúdos.

 

Mas o jogo como conhecemos nasceu nos Estados Unidos. A mais provável versão diz que, em uma feira de agricultura na Alemanha, um agricultor norte-americano tenha participado de um jogo do bingo que servia para divertir os participantes. Os números na cartela eram marcados com um feijão. O agricultor importou jogo para o seu país.

 

Logo, ele o batizou “Beano”, por causa da palavra feijão, que em inglês é bean. Devido à maneira como as pessoas pronunciavam, o jogo acabou sendo renomeado para Bingo.

 

O bingo no Brasil

 

O bingo passou a ser diversão também nas igrejas católicas dos Estados Unidos, no início do século XX. Foi através dessa prática religiosa que o jogo entrou no Brasil.

 

Logo, viu-se um potencial muito grande de lucratividade. Durante a década de 1930 era comum a presença de grandes salões de jogos adaptados apenas para a prática do bingo.

 

Porém, em 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra decidiu proibir os jogos de bingo com viés lucrativo. A diversão ainda segue através do vídeo bingo grátis, que se popularizou desde os anos 2000 com o avanço da internet no país.

 

E ainda que o bingo tenha assumido uma imagem de jogo que carece em emoção, ainda é uma forma de divertimento inocente que une famílias no mundo inteiro. 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS