BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Jogos olímpicos e novos obstáculos

De todas maneiras, os organizadores do evento afirmam que os jogos olímpicos vão realizar-se apesar das dificuldades da pandemia.

Apostas Brasil

10 de Fevereiro de 2021 às 11:16

Atualizada em : 10 de Fevereiro de 2021 às 11:25

Foto: Divulgação

Os jogos deveriam ter-se realizado no ano passado, mas foram cancelados pela pandemia e programados para este ano, entre o mês de julho e agosto de 2021. Mas, a verdade é que a vacinação enfrenta dificuldades que podem adiar ainda mais os Jogos Olímpicos.


De todas maneiras, os organizadores do evento afirmam que os jogos olímpicos vão realizar-se apesar das dificuldades da pandemia.

 

Quais são os obstáculos?

 

Apesar de que a pandemia continua em todo o mundo, agora há uma nova vaga, e também, há outras dificuldades como a falta de médicos para cobrir o evento, o qual seria impossível fazer sem eles. Outro ponto importante é a falta de insumos como refrigeradores, que seria outro dos inconvenientes.


Por outro lado, apesar do número crescente de casos, as autoridades do Japão, garantiu que estão comprometidos com as olimpíadas e estão fazendo todo o possível para cumprir com todo o protocolo.

Quais seriam as medidas?


O objetivo é adotar todas as medidas possíveis para evitar qualquer tipo de contágio do vírus. Algumas das medidas serão a restrição ao número de atletas e estender os prazos da competição. Mas, muitos especialistas dizem que não é suficiente.


O governo está comprando as vacinas em grandes quantidades, as quais são o ponto crucial para realizar este tipo de evento tão grande, mas estão sendo administradas para os profissionais de saúde, depois se espera cobrir parte da população do Japão.


Porém, a campanha de vacinação está encaminhada com um estimativo de 870 mil injeções por dia para cobrir sua população, considerando que cada pessoa precisa da colocação de duas doses.

Como se preparam os atletas?


Os atletas de todo o mundo, se preparam para os Jogos de Tóquio de diferentes maneiras e em distintos lugares para superar a pandemia do Covid-19. Porém, vários esportistas que estão na competição, estão treinando em lugares seguros para evitar qualquer contágio que comprometa seu estado físico.

Decisões económicas:


As consequências da pandemia, desde o ponto de vista económico, foi um golpe devastador para o Japão, como sede da organização, por ter infraestruturas prontas e muito dinheiro investido; e também influiu de maneira negativa para os patrocinadores e grandes emissoras do evento.

Então, o que se espera para o evento?


Muitos afirmam que os jogos poderiam permanecer como uma luz de esperança para o mundo nestes tempos difíceis, e para a organização o cancelamento não está na agenda.


Apesar de que a pandemia provocou muitas mortes e milhões de casos de infecção em todo o mundo, o Japão não foi a exceção, já que o governo decretou estado de emergência em várias ocasiões.


O início dos Jogos Olímpicos, está agendado para o dia 23 de julho, mas ainda há muita controvérsia por realizar um evento desta envergadura em plena pandemia do Covid-19. Mas, os preparativos continuam apesar que as apostas brasil e a opinião pública não sejam tão favoráveis. 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS