RECONHECIMENTO: 'Prêmio Esporte Rondônia' elegeu os melhores atletas do ano de 2020

O maior destaque da noite, que levou o troféu dourado, foi o atleta de Kung-Fu, Henrique Nunes Santana, de Ji Paraná

 RECONHECIMENTO: 'Prêmio Esporte Rondônia' elegeu os melhores atletas do ano de 2020

Foto: Divulgação

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) realizou na noite da última terça-feira (15) mais uma edição do Prêmio Esporte Rondônia, no Teatro Palácio das Artes, em Porto Velho.
 
O maior destaque da noite, que levou o troféu dourado, foi o atleta de Kung-Fu, Henrique Nunes Santana, de Ji Paraná. O atleta que treina há cinco anos, afirma ter em torno de 60 medalhas, participou de dois campeonatos brasileiros e do Mundial na China. ” É uma sensação incrível, após ter participado deste campeonato, que foi uma grande conquista que tive no brasileiro e no mundial da China, conquistando três ouros e uma prata e medalha de bronze na China, tive um grande destaque e merecia esse prêmio de melhor atleta do Estado de Rondônia”, disse o atleta.
 
O prêmio homenageou também os atletas que foram destaques no ano de 2019 e 2020 em todas as modalidades esportivas, além de técnicos, árbitros e equipes rondonienses. A novidade é que este ano a premiação se estendeu para a imprensa esportiva, e rodeio. Segundo o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, as novas categorias chegam para somar no evento esportivo
 
O prêmio homenageou também os atletas que foram destaques no ano de 2019 e 2020 em todas as modalidades esportivas
 
“Nós verificamos que precisávamos premiar os jornalistas que trabalham na área de esporte com divulgações também do rodeio, que é considerado esporte por lei, e não eram premiados neste evento. A galera do chapéu agora está inclusa com a categoria melhor atleta do ano de rodeio”, ressalta o superintendente.
 
Essa edição teve um formato diferente, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, respeitando as regras impostas pelo Governo do Estado como o distanciamento social e higienização com álcool em gel. “Sabemos que o vírus não vai acabar agora, então nessa readaptação estamos obedecendo todos os critérios e protocolos”, afirmou Jobson Bandeira.
 
Como forma de homenagem aos falecidos que contribuíram com o esporte rondoniense, o superintendente entregou uma placa à árbitra Márcia Bezerra Lopes Caetano, filha de Lourival Domingues Lopes (Becão) que morreu neste ano por complicações do novo coronavírus.
 
“Ele sempre contribuiu com o esporte rondoniense, meu pai foi árbitro, sempre apoiou os atletas e deixou um legado, legado aos filhos, professores, que vai ser levado por gerações. Agradeço por esse momento e tenho certeza que de onde ele está também agradece”, finalizou a homenageada.
 
A premiação foi transmitida ao vivo pelo canal digital da própria superintendência e contou com a torcida de amigos e familiares dos atletas, que vibraram virtualmente.
 
 
CONTEMPLADOS COM AS PREMIAÇÕES:
 
Medalha do Mérito Desportivo Dr. César Queiroz:
– José Joaci Bastos
 
Prêmio Professor Francisco Marto de Azevedo:
– Aloísio Medeiros Sobrinho
 
Atleta Indígena Destaque do Ano no Futebol Society:
– Kauã Pomakatig Surui
 
Prêmio Honoris Causa:
– José Alberto Rodrigues de Lima (Futsal);
– Inácio de Loiola dos Santos Aguiar (Basquetebol);
– Raimunda Silva Duarte Rodrigues (Handebol)
 
Campeão de Futebol Profissional Série A Masculino 2019:
– Vilhenense Esportivo Clube 2019
 
Campeão 2019 Feminino:
-Real Desportivo Ariquemes Futebol Clube 2019
 
Campeão de Futebol Profissional Série A Masculino 2020:
– Porto Velho Esporte Clube 2019
 
Campeão 2020 Feminino:
– Real Desportivo Ariquemes Futebol Clube 2020
 
Campeão Geral do JIR:
– Município de Cacoal
 
Atleta Destaque nos JUBS:
– Leila da Silva Weber – Faculdade Metropolitana (UNNESA)
 
Destaques Jogos Escolares da Juventude
 
– Orlando Francisco de Souza Neto – Ciclismo
– Lucas Emanuel Pontes – Judô
– Alinny Vitória Oliveira – Atletismo
 
Destaques Jogos Paralímpicos
 
– Danilo David Gerônimo Silva – Judô
– Wesley Picetti – Atletismo
– Sarah Kaiany Farias Santos – Natação
 
Prêmio Imprensa Esportiva
 
– Melhor Matéria de Televisão: Karina Quadros (Rede Amazônica)
– Melhor Matéria Escrita: Pedro Rodrigues de Souza (Revista Flair Play)
– Melhor Fotografia Esportiva: Tais Nauara de Oliveira (Rede Amazônica)
 
Melhor Árbitro do Ano
 
– Modalidade Individual – Rogerio Kester – Xadrez
– Modalidade Coletiva – Christian Silva dos Santos – Basquetebol
 
Melhor Técnico do Ano
 
– Modalidade Individual – Silvio Corsino – Paralímpico
– Modalidade Coletiva – Tiago Batisoco – Futebol
 
Melhores do Ano nas Modalidades
 
– Amanda de Oliveira Araes – Judô
– Andre Luiz Ramos Vieira – Peteca
– Anita Jolly – Ginástica
– Arielton Silva dos Santos – Futebol
– Azarias de Almeida – Handebol
– Brenda Gomes Prata – Taekwondo
– Bruna Francisca Figueiredo Fontinelli – Capoeira
– Chaise Olimpio Ivo Cavalcante Albuquerque – Jiu-Jitsu
– Everson de Moura Araújo – Xadrez
– Geovanny Luz Vasconcelus Campos – Tênis
– Henrique Nunes Santana – Kung-Fu
– Hiago Vinícius Maulaiz Barbosa – Karatê
– Jhoan Pierre Mchalski Bilio – Motociclismo
– José Alves Costa Junior – Tênis de Mesa
– Lucas Fernandes da Silva – Pentatlo Moderno
– Orlando Francisco de Souza Neto – Ciclismo
– Reginaldo Lourenço – Triatlo
– Rhuan Henrique Maia – Kart
– Thiago Gonçalves da Luz – Levantamento de Peso Básico
– Thiago Pereira – Luta Olímpica
– Vander Helton da Silva – Futebol 7
– Wellyton de Oliveira Batista – Atletismo
– Wesley da Silva Picetti – Paradesporto
– Wilson Vedana Junior – Basquetebol
– Zaqueu Godoy Belo – Rodeio
 
Prêmio Melhor Atleta do Ano
 
– Henrique Nunes Santana – Kung-Fu
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS