ESPAÇO ABERTO: Grande número de pessoas gripadas pode confundir sobre diagnóstico

ESPAÇO ABERTO: Grande número de pessoas gripadas pode confundir sobre diagnóstico

Foto: Divulgação

 

SURTO

 
Impressionante o número de pessoas que ficou gripada de uma hora para outra nos últimos dias, inclusive eu. A mudança brusca de temperatura e o constante uso do ar condicionado, normalmente são os fatores mais comuns para os resfriados.
 
SURTO 2
 
A questão é que vivemos tempos em que se deparar com alguém gripado já significa sinal de alerta. A pergunta mais comum tem sido se tosse, febre, coriza, dor de garganta e no corpo são sinais de que  é gripe ou Covid-19? 
 
QUASE DOIS ANOS
 
Desde o surgimento do coronavírus, no final de 2019, essa dúvida se tornou algo constante entre as pessoas. Afinal, estamos nos referindo à sintomas que, até então, eram comuns e pouco alarmantes e que, agora, provocam insegurança e medo por onde se manifestam.
 
PERCEPÇÃO
 
Apesar disso, após um logo período de pandemia, as pessoas começaram a identificar algumas diferenças entre as infecções e as dúvidas diminuíram um pouco.
 
 
EVIDÊNCIA
 
A perda de olfato e paladar, por exemplo, são fortes indícios de que o mal-estar foi causado pelo coronavírus. Fator que ajudou e ainda ajuda as pessoas a saberem se é gripe ou covid-19.
 
MUTAÇÃO
 
No entanto, uma variante do vírus da gripe, o H3N3, sofreu uma mutação recente na Austrália e vem se espalhando pelo mundo.
 
ENTRE NÓS
 
A nova cepa já chegou ao Brasil e aumentou significativamente as filas por atendimento médico nos hospitais.
 
RAZÃO
 
Tudo porque o número de pessoas vacinadas contra a gripe caiu nos últimos meses e, mesmo quem está com a imunização adequada, pode sofrer um pouco mais com essa variante.
 
 
INEFICAZ
 
O  fator principal é de que as atuais vacinas ainda não possuem ativos diretos para combater a nova cepa. Porém, apesar dessas flagrante falta de proteção, as infecções geradas pelo H3N3 causam os mesmos efeitos de uma gripe comum e, por enquanto, a situação não é grave, mas, merece atenção.
 
INCERTEZA
 
A grande dúvida do momento, no entanto, é saber se uma possível contaminação é gripe ou covid-19.
 
GRIPE OU COVID
 
Como os sintomas são muito semelhantes, ou seja, todos podem se manifestar como tosse, coriza e, às vezes, até febre, entre outras ocorrências respiratórias, clinicamente é muito difícil fazer a diferenciação entre uma simples rinossinusite alérgica exacerbada e um quadro de gripe pelo vírus influenza ou até mesmo da covid-19, explicam os médicos.
 
TESTE
 
A melhor maneira de tirar todas as dúvidas e saber se é gripe ou Covid-19, continua sendo a testagem. Sem isso é praticamente impossível arriscar deduzir algo.
 
 
 
 
MOMENTO
 
Como ainda estamos em uma pandemia, todo e qualquer sintoma respiratório dito novo deve ser investigado para confirmar ou negar o diagnóstico da Covid-19, já que este é o vírus com maior circulação no momento e tem grande impacto coletivo.
 
EXATIDÃO
 
O teste ajuda tanto no diagnóstico e tratamento do paciente, como também na orientação de isolamento dele e das pessoas com que se teve contato. 
 
PREVENÇÃO
 
Os cuidados preventivos, porém, são os mesmos em ambos os casos. O uso de máscaras, higienização constante das mãos e das superfícies e a fuga de aglomerações são as principais maneiras de evitar o contágio tanto da gripe, como da Covid-19.
 
VACINA
 
A vacinação, nos dois casos, também é a forma mais segura de evitar casos graves e internações. 
 
 
REALIDADE
 
Todos os números e de diferentes órgãos pesquisadores apontam que a incidência de Covid em quem já se vacinou é muito pequena.
 
REALIDADE 2
 
Que fique bem claro que essa insistência pela vacinação, seja ela primeira, segunda ou terceira dose, é única e exclusivamente uma questão de preservação à vida.
 
MARASMO
 
Semana começa em ritmo de férias na política. Pouco ou quase nada deverá acontecer de agora até fevereiro. Nesse período de descanso oficial dificilmente teremos algo relevante na política local.
 
BRASÍLIA
 
Só mesmo algum fato inusitado ou inesperado vindo da Capital Federal é que poderá movimentar partidos ou políticos. Se depender do presidente Bolsonaro isso pode acontecer quanto menos se espera.
 
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS