BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Candidatos a prefeito poderão usar mais de 3 milhões nas eleições

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

03 de Setembro de 2020 às 08:27

Atualizada em : 03 de Setembro de 2020 às 08:46

Foto: Divulgação

GASTOS
 
Tribunal Superior Eleitoral divulgou o limite de gastos para a campanha em todo o Brasil. Em Porto Velho os candidatos a prefeito poderão gastar até R$ 3.368.977,02 no primeiro turno. O valor é por candidato independente de quem seja ele.
 
GASTOS 2
 
Caso haja segundo turno, o teto máximo é de R$ 1.347.590,81. Em Rondônia somente Porto Velho pode ter segundo turno.
 
VEREADOR
 
No caso dos candidatos a vereador na capital, o limite máximo de gastos pode chegar até R$ 159.288,05 por candidato.
 
LOTOU
 
O administrador do cemitério de Santo Antônio, Giberson Morais, disse que o enterro diário,  principalmente, de vítimas do COVID-19, em Porto Velho, colapsou o local, que agora possui poucos espaços para enterros, mesmo com a abertura de novos pontos para sepultamento.
 
 
DISCUSSÃO
 
A declaração do administrador foi durante reunião do Conselho Gestor da Prefeitura que trata da concessão dos cemitérios de Porto Velho, tanto da região urbana, quanto dos distritos ribeirinhos. A solução apontada na reunião é a possibilidade de contratação emergencial de vagas em cemitérios privados. 
 
URGÊNCIA
 
A medida seria provisória, até a construção de um novo cemitério público que segundo o Conselho Gestor da Prefeitura levaria pelo menos dezoito meses.
 
OUTRO LADO
 
A assessoria de comunicação da prefeitura informou que ainda hoje vai publicar uma nota explicando o que deverá ser feito em relação ao assunto.
 
LIBEROU
 
O governo boliviano autorizou a entrada e trânsito de cidadãos bolivianos e estrangeiros, bem como a reabertura da atividade comercial nos municípios de Cobija, Guayaramerín, San Matías, Puerto Suarez e Puerto Quijarro.
 
COMUM ACORDO
 
A medida foi anunciada na terça-feira, 1º de setembro, por meio de nota conjunta dos ministérios das Relações Exteriores, Governo e Defesa, atendendo ao disposto no Decreto Supremo nº 4.314 sobre pós-confinamento, em vigor a partir da mesma data.
 
EXTENSÃO
 
“Outros municípios serão agregados a lista quando os estados ou municípios vizinhos garantirem o tratamento recíproco aos cidadãos bolivianos, com coordenação prévia por meio do Itamaraty”, disse a nota pública divulgada na terça-feira.
 
RESTRIÇÃO
 
O tráfego de estrangeiros e nacionais está sujeito ao cumprimento obrigatório dos requisitos de biossegurança estabelecidos. Entre as condições está a certificação do teste de análise específica (PCR) para Covid-19, com resultado negativo.
 
INICIATIVA
 
Falando em Bolívia, o deputado Dr. Neidson (PMN), apresentou requerimento pedindo para o presidente da República e para a bancada federal trabalharem para que seja autorizado o início das obras da ponte ligando Guajará-Mirim e Guayaramerin, na região de fronteira.
 
PROJETO
 
Neidson diz que já existe o projeto para a construção dessa ponte que deverá incentivar o comércio de produtos de Rondônia com a Bolívia. O deputado esclarece que não é contra a construção de uma ponte também em Costa Marques só que lá ainda é preciso elaborar um projeto.
 
COMBATE AO CORONAVÍRUS 
 
MPF vai usar recurso de multa no valor de R$ 75 mil para combate a covid-19 em Rondônia. Valores serão destinados especialmente a comunidades indígenas localizadas no Sul do estado.
 
RATEIO
 
O MPF dividirá os recursos entre a Fundação Nacional do Índio (Funai) Vilhena (RO), Coordenação das Organizações do Povo Indígena Cinta Larga (Patjammaj), e Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Vilhena, para que sejam utilizados na compra de cestas básicas, medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPIs).
 
CONSTATAÇÃO
 
De acordo com o procurador da República Caio Hideki, “no estágio atual da pandemia, o grupo social mais atingido com os efeitos sanitários e socioeconômicos maléficos da covid-19, na região, é o composto pelas comunidades indígenas, as quais se encontram em situação de extrema vulnerabilidade, ainda maior do que em outros momentos”.
 
LIVRO INFANTIL ENSINA RESPEITO A TODOS
 
O livro "As Aventuras de Afrânio", do jornalista e pastor Moisés Selva Santiago, acaba de ser publicado pela Editora CRV, contando as histórias de um homem que vivia num lugar onde tudo e todos têm o mesmo nome.
 
EDUCAÇÃO
 
É uma divertida leitura na qual a criança descobre qual é o Afrânio da vez. Prefaciado pela jornalista Leise Martins, o livro ensina o respeito a todas as formas de vida e o desafio diário da construção de uma sociedade melhor e pode ser utilizado em classes para crianças, creches, noite do pijama.
 
ONDE ENCONTRAR
 
Nessa época de distanciamento social, o livro torna-se um excelente presente no Dia das Crianças e pode ser adquirido no site editoracrv.com.br.
 
OUTRA PUBLICAÇÃO
 
Por essa mesma editora, Santiago também publicou recentemente "Elas falam D+: como 181 mulheres da Bíblia revelam nosso mundo", ressaltando a presença positiva das mulheres no decorrer dos tempos e a constante luta contra toda forma de violência contra elas. Vale a pena conferir.
 
PINTURA
 
A leitora da coluna, Patricia Vasconcelos, fez o registo deste belo ipê florido na Avenida Jatuarana, na famosa curva antes da UPA Sul. A imagem diz tudo.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS