BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Espaço Alternativo vira terra de ninguém e favorece tudo que não presta

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

24 de Julho de 2020 às 08:53

Atualizada em : 25 de Julho de 2020 às 08:43

Foto: Divulgação

MAIS RECLAMAÇÕES
 
Na segunda-feira eu escrevei sobre os absurdos ocorridos no início da noite de domingo no Espaço Alternativo. E olha que, em tese, a vida ainda não voltou ao “normal” em Porto Velho por causa de restrições que ainda existem.
 
 
EXEMPLOS PONTUAIS
 
Durante a semana, recebi no e-mail da coluna muitas reclamações e apoio em relação ao que escrevi sobre a falta de fiscalização tanto da PM como de agentes de trânsito da prefeitura que, sinceramente, eu nunca vi por lá.
 
LASCÍVIA
 
Um vídeo que me enviaram mostra uma jovem em cima da carroceria de uma camionete dançando seminua ao som de uma música podre. Não vou citar o ritmo porque é capaz de aparecer alguém dizendo que tenho preconceito. Não tenho preconceito, na verdade eu tenho é CONCEITO mesmo sobre o que não presta.
 
DROGAS
 
Em outro vídeo, esse inclusive está nas redes sociais, outro grupo de malpropícios consome drogas e se diverte com uma música indefectível no volume máximo de um carro rebaixado, que custa menos que o equipamento acústico instalado no veículo. 
 
INCENTIVO
 
O mais bizarro do Espaço Alternativo é que Governo e Prefeitura “investem” no local para arrecadar votos, não me parece que algum gestor esteja realmente com os olhos voltados para a saúde e o lazer das pessoas e das famílias que lá frequentam.
 
ABANDONO   
 
Vou explicar apenas uma situação que vem ao encontro do que estou falando. Foi feita terraplanagem para  um estacionamento, meia boca, gigante que nos dias atuais também tem servido de drive-in para bolinação.
 
TREVAS
 
Não há uma luz sequer no tal estacionamento o que propicia liberação geral para sexo, drogas e música de péssima qualidade.
 
LEI
 
O deputado estadual Marcelo Cruz (Patriota) fez um projeto de lei para proibir o consumo e venda de bebidas alcoólicas no Espaço Alternativo de Porto Velho. Segundo o parlamentar, os frequentadores tem deixado muito lixo jogado no local causando incômodo para os praticantes de atividades físicas.
 
VERDADE ISSO ?
 
Ao ler a justificativa para tal Lei, imagino que Marcelo Cruz nunca apareceu por lá ou então quem lhe passou as informações desconheça a atual realidade do Espaço Alternativo.
 
OUTRO LADO
 
A Secretaria Estadual de Obras e Serviços Públicos informou que Corforme  termo de gestão compartilhada entre prefeitura e estado, a iluminação e manutenção de limpeza do espaço alternativo está por responsabilidade da EMDUR.
 
O QUE SERÁ QUE ELE VIU 
 
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas do Transporte Coletivo de Porto Velho, Franciney Oliveira, disse em entrevista que conheceu a estrutura da empresa JTP, de São Paulo, e acredita no potencial da empresa.
 
O QUE SERÁ QUE ELE VIU 2
 
Onde será que Franciney Oliveira esteve que conheceu uma “estrutura” que não foi encontrada pela Comissão de Licitação do Transporte Coletivo de Porto Velho. Difícil imaginar que ambos tenham ido ao mesmo local.
 
REJEITOU
 
Os deputados estaduais votaram contra a aprovação de projeto que autorizava o Estado de Rondônia a contratar operação de crédito externa junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para execução do Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado de Rondônia num montante de US$ 30,8 milhões.
 
NÃO É A HORA
 
A maioria dos parlamentares entendeu que, no atual momento de crise enfrentada com a pandemia do coronavírus, contrair um empréstimo milionário não seria o correto.
 
ACABOU O PRAZO
 
Deputado Neidson quer saber do Governo sobre o Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR) dos servidores da área da saúde em Rondônia. Em 10 de
janeiro, o Governo pediu 06 meses de prazo para fazer estudo sobre o PCCR.
 
SEM RESPOSTA
 
Neidson argumenta que o prazo expirou no último dia 10 de julho e o Governo teria “esquecido” de informar qual a situação atual do estudo para a implantação efetiva do PCCR dos servidores da Saúde. 
 
PRESERVAÇÃO
 
Em troca de uma bolsa mensal de 1 mil reais por mês, noventa e cinco famílias se comprometeram a evitar o desmatamento por 30 anos na Reserva Extrativista do Rio Cautário, em Rondônia.
 
COMPROMISSO
 
O  acordo foi assinado no final de junho por moradores dos municípios de Costa Marques e Guajará-Mirim com a empresa Permian Global para a venda de crédito de carbono vindos da manutenção da floresta preservada dentro da área protegida e investimentos para a implementação do plano de manejo.
 
RECURSOS
 
O acordo também prevê um investimento na reserva extrativista de R$ 5.592 milhões/ano, que incluirá fortalecimento do plano de manejo e implementação de programas como o monitoramento da biodiversidade, a educação ambiental e a extensão rural e fomento econômico, além da criação de uma brigada de incêndio local.
 
JUSTIFICATIVA
 
A escolha da Reserva Extrativista do Rio Cautário como primeira área a receber esse tipo de projeto ocorreu por ser a que tem o maior número de famílias residentes.
 
BOA CAUSA 
 
Casa Família Rosetta promove feijoada amanhã ao preço de R$ 15,00, somente para retirada no local. O que for arrecadado será usado na manutenção dos serviços socias oferecidos gratuitamente à população rondoniense. O horário de atendimento será entre 11h e 14h. A Casa Roseta fica na rua Marechal Deodoro, 1213 – Areal em Porto Velho/RO.
 
HISTÓRIA
 
A Casa Rosetta é uma entidade, sem fins lucrativos, atuante no estado de Rondônia que acolhe crianças e adultos necessitados de cuidados especiais. No momento, está passando por dificuldades devido a pandemia do coronavírus.
 
DIAS
 
O Grupo Supera Porto Velho em parceria com Ello Forte Engenharia, ConcrepostesMIX e Projeto Social Parceiros de Deus da Igreja Sara Nossa Terra, estão promovendo o dia da solidariedade em prol das pessoas que passam por situação de vulnerabilidade em função do Covid-19. 
 
DOAÇÕES
 
Hoje e amanhã, serão realizados dois eventos arrecadatórios em forma de Drive Trhu e quem fizer doações participará de sorteio de brindes organizado pelo Supera. Podem ser doadas roupas, calçados, alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal  e álcool em gel. 
 
LOCAIS
 
Hoje o Drive Trhu acontece dás 8h ás 11h em frente à igreja Sara Nossa Terra, na avenida José Vieira Caúla, 3751, esquina com Equador. Para informações os números são 99298-2045 e  98500-9163.
 
SÁBADO
 
Amanhã o evento é na Elo Forte Engenharia e ConcrePostesMix dás 14:00 ás 18:00hs na rua Benedito Souza Brito, 4443, bairro Industrial. O fone para contato é o 99297-8662. Para informações ou esclarecer dúvidas o número de contato pelo whatsapp é 99981-4949.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS