BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Na volta às aulas, sorrisos, pose pra fotos e nada do calendário rural

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

07 de Fevereiro de 2020 às 08:50

Foto: Divulgação

MAIS DE 35 MIL ESTUDANTES


O ano letivo de 2020 prevê retorno de mais de 36 mil alunos em 84 escolas da área urbana de Porto Velho. Algumas escolas vão começar em outras datas devido às reformas que ainda não foram terminadas, com o objetivo de melhor atender a população.

 


TODO MUNDO NA FOTO


Com muita alegria e empolgação, uma solenidade na Escola Meu Pequeno Jones, Extensão II, marcou a abertura do ano letivo de 2020 na rede municipal de ensino. Tudo ocorreu como se esperava, em clima de muita emoção e festa. Ainda bem que não há demagogia que supere o brilho do sorriso de uma criança.

 


AGORA SIM. PROMESSA É PRA VALER


De acordo com o secretário Márcio Félix, o ano letivo de 2020 será de muita qualidade aos alunos de Porto Velho. “Foram investidos mais de 2 milhões de reais nesse período das férias fazendo manutenção nas escolas e mobílias para que as escolas fiquem mais bonitas e confortáveis aos alunos para melhorar a qualidade da educação de Porto Velho” afirmou o diletante Secretário.


NENHUMA PALAVRA


Chamou atenção nos discursos de retorno dos estudantes o “esquecimento” quanto ao calendário escolar na zona rural. Como ? Quando ? Onde? De que forma? Durante quanto tempo? Perguntas que poderiam ter sido respondidas voluntariamente, pelo menos para mostrar que o assunto não foi esquecido e é motivo de muita preocupação.


VAI FUNCIONAR


Vereador Aleks Palitot reuniu representantes da Subsecretaria de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur) e Fundação Cultural (Funcultural) e conseguiu firmar parceria com a Autovema para a revitalização da litorina e vagão k-4.

 


ESTRAGOU


Devido a alguns problemas mecânicos, a litorina que fazia o percurso turístico na Estrada de Santo Antônio, precisou interromper os passeios. Desde então ficou aguardando um parceiro do setor privado. 


MÃO DE OBRA


Pela parceria, a Autovema se propôs a realizar toda a revitalização da litorina nos próximos dias. Uma equipe de mecânicos esteve realizando estudos e a locomotiva já foi transferida para o pátio da empresa, onde já foi iniciada a revitalização.


RETORNO


A previsão é de que os passeios de litorina na Estrada de Santo Antônio voltem a acontecer em um período de 90 dias. O percurso vai ser saindo do museu Marechal Rondon até a Vila Candelária.


152 MILHÕES DE USUÁRIOS


A rede social Twitter divulgou ontem, um lucro líquido de 118,7 milhões de dólares no quarto trimestre de 2019, equivalente a 0,15 por ação, número inferior ao estimado inicialmente. 

 

 

Mesmo assim, a receita da companhia subiu 11%, superando as expectativas das consultorias especializadas, que previam 992 milhões. É a primeira vez em que a receita trimestral da empresa fica acima de um bilhão de dólares.

 

JÁ VINHA CRESCENDO

 

Em igual período de 2018, a operadora de rede social registrou lucro líquido maior, 255 milhões, com 0,33 por ação. O lucro líquido subiu de US$ 1,205 bilhão, marcação do ano anterior, para US$ 1,465 bilhão no final de 2019, enquanto a receita avançou 14% e chegou a US$ 3,46 bilhões, no mesmo intervalo.

 

O número de usuários ativos diários monetizáveis do Twitter, entre outubro e dezembro do ano passado, subiu sete milhões e chegou a 152. Na manhã de ontem, a ação do Twitter elevou 8,12%, no pré-mercado em Nova Iorque.


PRIMEIRA DECISÃO NO PAÍS NEGA VÍNCULO DE MOTORISTA COM UBER

 

Segundo decidiu ontem o Tribunal Superior do Trabalho, motoristas que dirigem para o aplicativo Uber não têm vínculo de emprego com a empresa. Foi a primeira decisão de instância superior na Justiça do Trabalho sobre o assunto.

 

 

QUERIA DIREITOS TRABALHISTAS

 

Um motorista de Guarulhos acionou a Justiça para cobrar o vínculo, por ter servido ao aplicativo por um ano. Ele pediu que a Uber fosse obrigada a fazer o registro em sua Carteira de Trabalho e recolhesse verbas trabalhistas referentes à relação empregatícia. Não levou o que estava pleiteando, incluindo fundo de garantia e décimo terceiro.

 

NÃO ERA OBRIGADO A TRABALHAR E CUMPRIR HORÁRIO

 

O TST considerou que o motorista tinha autonomia no desempenho das atividades e isso é incompatível com o reconhecimento da relação de emprego, porque as relações têm características de parceira. Ou seja, a mesma liberdade de movimentos e a flexibilização de horários que torna-se atrativa a quem deseja trabalhar nos aplicativos, também é fator impeditivo, a partir de agora como jurisprudência, para caracterizar o vínculo pleiteado por muitos.


JOVENS PREJUDICADOS

 

Juristas fizeram alertas sobre as consequências do marasmo e da vida boa de parlamentares (com férias de quase dois meses) na oferta de empregos para os mais jovens. É que a medida provisória 905, que criou o Contrato Verde Amarelo, e serviu de base para planejamento de custos de empresas, ainda não foi convertida em lei e pode “gerar insegurança jurídica” nos negócios e desestimular novos investimentos. Além da folga de 48 dias até o dia 3, há o recesso de 15 dias em julho.

 

INSEGURANÇA

 

Caso a MP não vire lei, as contratações devem seguir normas antigas, mas será motivo de judicialização entre empresas e empregados. As empresas se organizaram para ter um custo com as novas regras e sem virar lei, altera a programação, alertam  advogados trabalhistas.


RECLAMARAM

 

Primeiro ministro de Bolsonaro a visitar o Paraguai, Ernesto Araújo (Relações Exteriores) teve de ouvir reclamações sobre a redução de negócios com o Brasil, hoje o terceiro parceiro comercial daquele país.

 

FESTIVAL DO CAMARÃO

 

Hoje é dia de jantar especial no restaurante Paroka com música ao vivo.  O tradicional Festival do Camarão das sextas feiras oferece prato bem servido, para duas pessoas, por apenas R$ 74,99. No cardápio, Camarão Internacional, Camarão ao Alho e Óleo, Risoto de Camarão, Espaguete com Camarão e Camarão Empanado. A promoção é válida para o jantar. Excelente pedida para a noite de sexta-feira.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS