VISÃO: Cassol mantém postura crítica sobre a saúde estadual e mostra como mudar cenário

Durante entrevistas na capital, candidato ao Governo também falou de segurança e reforçou compromissos

VISÃO: Cassol mantém postura crítica sobre a saúde estadual e mostra como mudar cenário

Foto: Divulgação

 

A capital teve toda a atenção do candidato ao Governo do Estado pelo PP, Ivo Cassol, nesta terça-feira (30), quando cumpriu agenda de entrevistas e gravou programa eleitoral. A postura firme em cobranças a problemas relacionados à gestão de saúde, se somaram às críticas sobre a falta de segurança nas cidades rondonienses, cenário que Ivo Cassol apontou saídas, todas contidas em seu Plano de Governo.
 
Sempre respondendo de maneira direta sobre seu registro de candidatura, Ivo Cassol disse que continua acreditando que não há impedimentos, ainda que haja uma discussão jurídica sobre o fato. O candidato, que já governou Rondônia, lembrou que "é impossível governar, querendo de fato uma mudança, sem que haja um processo a responder".
 
Ivo Cassol disse que é seu perfil trabalhar duro e para melhorar a vida das pessoas e não pode concordar com as últimas gestões estaduais, que não mantém Rondônia na posição de destaque que merece. A falta de gestão na saúde é o que faz, como disse Ivo Cassol, que a BR fique lotada de ambulâncias indo à capital. Mais uma vez disse que há recursos para a construção de hospitais que podem acabar com esse problema, mas que é preciso coragem para fazer.
 
A lotação de policiais em áreas administrativas (só no CPA seriam 400) é um dos pontos que, segundo Ivo Cassol, causam tantos problemas de violência, fruto de uma segurança pública ineficiente. Para ele, é preciso contratar policiais, já que desde quando foi governador, não houve novas contratações, o que prejudica desde investigações até o trabalho preventivo.
 
O candidato concedeu entrevistas à TV Meridional Band e à Rede TV! Rondônia. Ivo Cassol manteve posição firme quanto à necessidade de mudança. Mantendo sua agenda de compromissos por todo Estado, Ivo Cassol intensifica o contato com o público, de quem recebe incentivo direto para que retorne ao Governo, onde cumpriu dois mandatos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Mateus Coelho Alves

Fortbras Autopeças

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS