EM DECLÍNIO: Cinemas brasileiros enfrentam queda preocupante nas bilheterias

Período de férias escolares em julho costuma ser lucrativo para o cinema, porém, o resultado se mostrou oposto neste ano

EM DECLÍNIO: Cinemas brasileiros enfrentam queda preocupante nas bilheterias

Foto: Divulgação

Apesar de grandes blockbusters em cartaz, como a animação Minions 2 e o filme da Marvel Thor: Amor e Trovão, os cinemas brasileiros enfrentam uma queda acentuada nas bilheterias. Segundo dados da Comscore, a receita total da venda de ingresso entre os dias 11 e 14 de agosto foi de 13,7 milhões de reais — o que representa uma perda de quase 7 milhões em comparação ao final de semana anterior, que abocanhou 20,6 milhões.

 

O declínio financeiro das salas de cinema vem desde o começo de julho. O período das férias escolares deveria ter sido positivo para as bilheterias nacionais, porém, os valores não refletiram a antiga tendência — mostrando que os passeios em família e entre os jovens aos cinemas encolheram.

 

Durante o final de semana de 14 a 17 de julho, a renda total foi de 39,39 milhões de reais, com público de 1,84 milhão de pagantes. Nas semanas seguinte, a arrecadação foi, respectivamente, de 32,92 milhões e 29,4 milhões.

 

A produção que lidera o topo dos filmes mais vistos há quatro semanas é Minions 2: A Origem de Gru. Nem mesmo Brad Pitt, protagonista de Trem-Bala, e Idris Elba, do longa A Fera, foram capazes de tirar a coroa dos monstrinhos amarelos da franquia Meu Malvado Favorito.

 

Os dois filmes ocupam, nesta semana, a terceira e a quarta posição erspectivamente. Completando o raking, estão Thor: Amor e Trovão, em segundo lugar, DC Liga dos SuperPets, em quinto, seguido da cinebiografia Elvis, o terror O Telefone PretoTop Gun: MaverickO Gêmeo Maligno e o nacional Papai é Pop.

 

Autor: Em Cartaz, por Raquel Carneiro/Veja

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Mateus Coelho Alves

Fortbras Autopeças

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS