Em carta de despedida, secretário de Cultura, Jobson Bandeira, enaltece técnicos do órgão

"As políticas públicas para a Juventude, Cultura, Esporte e Lazer não serão vistas da mesma forma por mim, aprendi demais sobre os temas e quero levar para sempre essa bagagem de riquezas"

Em carta de despedida, secretário de Cultura, Jobson Bandeira, enaltece técnicos do órgão

Foto: Divulgação

Após três anos e três meses servindo a população rondoniense depois de receber um convite especial do governador, Coronel Marcos Rocha, hoje despeço-me da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). Logo cedo ao acordar fiz uma reflexão de tudo o que alcançamos frente a pasta, que equipe fantástica que Deus me presenteou, não poderia ser melhor.
 
A Sejucel detém técnicos digno de homenagem, pessoas que se doam de corpo e alma para ver as coisas acontecerem. Por essas e outras que a minha decisão não foi a das mais fáceis. Lembro quando cheguei na Superintendência nos primeiros dias de Janeiro de 2019, assustado com o convite, sabendo da enorme tarefa que enfrentaria pela frente, juro que estremeceu as pernas, sou humano como qualquer um. Logo fui tomando conhecimento de tudo e com responsabilidade fizemos uma gestão coberta de probidade e respeito com o bem público.
 
Quero agradecer ao governador, Coronel Marcos Rocha, por depositar em mim a confiança de gerir uma das pastas. A liberdade que o senhor me deu fez valer cada segundo que trabalhei. Muito obrigado por nos ensinar todos os dias sobre o amor ao próximo e sobre o perdão.
 
As políticas públicas para a Juventude, Cultura, Esporte e Lazer não serão vistas da mesma forma por mim, aprendi demais sobre os temas e quero levar para sempre essa bagagem de riquezas. E por falar em coisa boa, o que dizer do formato da Flor do Maracujá na edição de 2019, trabalhamos duro para a realização, foram dias e noites focados e deu certo, meu respeito e gratidão a todos os grupos e seus brincastes que deram show dentro da arena mostrando que nossa cultura é feita a muitas mãos.
 
Me despeço oficialmente do cargo cumprindo o calendário oficial que prevê o ato dentro das normas para quem tem interesse em concorrer a um cargo eletivo e é o que almejamos no momento, sou pré-candidato a Deputado Estadual e temos muito trabalho pela frente, meu desejo é fazer mais e da melhor forma por Rondônia.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS