AUDIOVISUAL: Produtores de RO fazem documentário que retrata história da cultura de Vilhena

O vídeo documentário conta com depoimentos de ativistas culturais do município

AUDIOVISUAL: Produtores de RO fazem documentário que retrata história da cultura de Vilhena

Foto: Divulgação

Com objetivo de retratar e valorizar a história da cultura do município de Vilhena, os produtores culturais Andréia Machado, Marcio Guilhermon e Washington Kuipers fizeram o documentário “Memórias vilhenenses, História e Cultura”.

 

A produção conta com entrevistas de ativistas culturais de Vilhena que com muita garra e determinação contribuíram para o enriquecimento do cenário cultural do município em diversas áreas como teatro, música, literatura e audiovisual.

 

“O projeto do vídeo documentário conta com depoimentos mostrando a história e cultura do nosso município valorizando assim a memória e a cultura local”, disse Andréia Machado que faz parte do Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções e da Associação Diversidade Amazônica.

 

Entre os entrevistados do curta-metragem estão o colunista social, músico e poeta Átila Ibáñez França, do professor Cledemar Jeferson Batista, do músico e produtor cultural João Carlos Regert Neto o popular “Nettü Regert”, da atriz e produtora cultural Valdete Sousa, e do maestro Ronis Salustiano e da própria produtora cultural e jornalista Andréia Machado.

 

“Fiquei muito feliz com a produção do vídeo documentário, pois através dos depoimentos dos  ativistas culturais é possível conhecer um pouco da história da cultura de Vilhena que apesar de ser um município jovem conta com muitas pessoas trabalhando em prol da produção e valorização da cultura local”, ressaltou Andréia Machado.

 

O projeto do vídeo documentário foi premiado no Edital N°2 Anita Piechaki, promovido pela Fundação Cultural de Vilhena , Prefeitura de Vilhena, Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc), Governo Federal.

 

“Espero que as pessoas assistam o vídeo documentário e conheçam um pouco mais sobre a história da cultura de Vilhena”, disse Andréia Machado que informou que o curta metragem está disponível para ser assistido no canal do You Tube da Fundação Cultural de Vilhena: https://youtu.be/rbm0nrvKQmc ou no canal do YouTube do Serpentário Produções: https://youtu.be/NfslrZdeTBE . 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS