RONDONIENSE: Livro ‘Nove Minutos’, do cineasta Édier William, será lançado na sexta-feira,30

“O ter é algo viciante. Laico tinha a sorte de ter o necessário, mas queria ter mais”

RONDONIENSE:  Livro ‘Nove Minutos’, do cineasta Édier William, será lançado na sexta-feira,30

Foto: Divulgação

O trecho acima refere-se a obra ficcional “Nove Minutos”,  autoria de Édier William Medeiros da Silva, que tem como mote e plano de fundo o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922.

 

Neste livro o autorexperimenta diversas estéticas textuais em um livro inspirado no conceito da Vanguarda Antropofágica, bebendo em diversas fontes como Lygia Fagundes Telles, Mário de Andrade, Charles Bukowski, Oscar Wilde, J. K. Rowling, dentre outros, desenvolvendo uma obra com a intenção de sair do campo da obviedade. Além disso, o autor cria uma intersecção entre a literatura e o universo digital aplicando QR Codes dentro da obra, que direcionam para complementos da narrativa.

 

Essa é uma obra que veio para nos relembrar da importância da Semana de Arte Moderna de 1922, eao mesmo tempo, levantar discussões sociais urgentes.

 

Este projeto é realizado com recursos do Edital nº 86/2020/SEJUCEL-CODEC, 1ª Edição Marechal Rondon do Edital de Chamamento Público para Publicação e Difusão de Expressões Culturais, Eixo I: Publicação de Livros e Revistas Culturais, Item 2: Publicação de livros inéditos – Individuais, através da Lei Federal 14017/2020 – Lei Aldir Blanc, Governo do Estado de Rondônia, Fundo Estadual de Desenvolvimento da Cultura – FEDEC/RO e Governo Federal.

                                                                                       

Sinopse Nove Minutos

 

E se a Deusa Criadora desse nosso universo resolvesse fazer uma reforma nessa grande obra? E se para isso ela quisesse trabalhar junto com uma de suas criaturas preferidas: um rapaz ateu, descrente até da própria existência, mas intrigante e astuto o suficiente para chamar sua atenção, essa criatura é Laico, um jovem e inconformado com sua condição financeira desfavorecida, revoltado com tudo, todos.

 

Laico é estudante do curso de Letras e foi desafiado pela professora de literatura a criar uma obra tão revolucionária quanto foram as do Movimento Modernista no Brasil. No processo de criação de tal obra se encontrará com a Deusa Criadora do Universo, que o presenteará com poderes para capturar a essência das pessoas e materializá-las em sua criação: O Cubo, uma obra viva. O resultado é que ao tirar a essência de alguém, essa pessoa perde a vontade de viver. Por que a deusa sacrificaria alguns de seus filhos, para que uma obra de arte fosse construída? O que essa obra representa na reforma desse nosso universo? Laico servir ao plano da Deusa?

 

Sobre o autor

 

Édier William Medeiros da Silva é um artista multifacetado, desenvolve trabalhos como criador audiovisual, ator, escritor e produtor cultural.

 

O rondoniense, natural de Ariquemes, busca refletir em suas obras sobre o cotidiano, as minorias e as invisibilidades, com destaque para os livros Cama de Casal, Poemas virais e os curtas-metragens “Âmago” e “o medo das Árvores”.

 

Serviço

 

Lançamento do Livro “Nove Minutos”

 

Autor: Édier William Medeiros da Silva

Data: 30/04/2021

Horário:  19h

Transmissão pelas redes sociais

https://www.facebook.com/edier.william

https://www.facebook.com/edierwilliam.me

https://www.youtube.com/channel/UC9YAmGKuKN4GcwhRH3bboQQ

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS