BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

LEI ALDIR BLANC: Conselho continua realizando mapeamento de artistas e espaços culturais

Já foram cadastrados 2030 artistas e 164 espaços em todo o estado

Emília Araújo - Rondoniaovivo

20 de Julho de 2020 às 10:35

Atualizada em : 20 de Julho de 2020 às 10:40

Foto: Conexão boas notícias

O mapeamento dos artistas e espaços culturais de Rondônia, que vem sendo realizado pelo Conselho Estadual de Política Cultural, já cadastrou 2030 artistas e 164 espaços no estado, incluindo os independentes. Até agora, o maior número de artistas cadastrados é de Porto Velho, cidade onde a instituição iniciou o trabalho.

 

O presidente do conselho, Chicão Santos, informou que o mapeamento dará um norte sobre a situação dos artistas no estado. Será por meio desse cadastro que o Governo e as prefeituras se basearão para liberar os recursos referentes a Lei Aldir Blanc, que apoiará a cultura neste momento de pandemia.

 

 “A participação de todos os envolvidos nesse segmento é fundamental para que possam receber informações sobre como proceder para ter acesso aos recursos da Lei Aldir Blanc, assim como contribuírem na formulação das políticas públicas para atender a demanda cultural no estado.

 

 

O Estado de Rondônia, por meio da Sejucel, receberá 18 milhões e os municípios 12 milhões. Chicão Santos acredita que se forem gerenciados de forma correta, os recursos serão suficientes para atender a categoria até dezembro.

 

Os recursos contemplam artistas, espaços e também editais ( contemplará todas as linguagens artísticas).

 

Podem se cadastrar ensaiador, atriz,corógrafo, costureiro, músico, desinger, roadie, bailarina, fotógrafo, instrutora, figurinista, diretor, produtor, maquiadora, contra regra, editora, roteirista, poeta, escritor, cenógrafo, iluminador, entre outros.

 

Quanto aos espaços culturais devem se cadastrar: teatros independentes, academia de dança, estúdio fotográficos, sebos, associações culturais, produtoras, sedes de grupos, pontos de cultura, salas de leitura, dentre outros.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS