OPORTUNIDADE: Edital de concurso com 1.200 vagas para técnico de enfermagem é lançado

A contratação de novos servidores está prevista no orçamento de 2022

OPORTUNIDADE: Edital de concurso com 1.200 vagas para técnico de enfermagem é lançado

Foto: Divulgação

A Secretaria de Economia do Distrito Federal autorizou a realização de um novo concurso público com 1200 vagas para técnico de enfermagem, para o quadro de servidores do DF. A portaria que dá o aval para o certame foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (4/5).
 
Do total de vagas, 200 são para contratação imediata e 1000 para a formação de um cadastro reserva, condicionado à manutenção do interesse público e à disponibilidade orçamentária e financeira. 
 
Além deste, foram autorizados ainda, nesta quarta-feira, novos concursos para agente de vigilância ambiental em saúde e agente comunitário de saúde, ambos da carreira vigilância ambiental e atenção comunitária à saúde do quadro de pessoal do Distrito Federal. 
 
Leia também: GDF reforça intenção de realizar concursos públicos para 34 carreiras
 
Outras autorizações
Ibram-DF
O Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (IBRAM/DF) também recebeu aval para abertura de novo concruso.  A informação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (3/5).
 
Segundo a portaria, a seleção visa  o provimento de vagas para os cargos de analista de atividades do meio ambiente e técnico de atividades do meio ambiente. Os cargos costumam exigir o nível superior e médio, respectivamente. Porém, os requisitos ainda não foram divulgados.
 
Ao todo, o certame vai oferece 219 vagas, distribuídas da seguinte forma:
 
 
PCDF
 
O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal divulgou recentemente a autorização para realização de novo concurso público para o provimento de vagas para o cargo de Agente Policial de Custódia da Polícia Civil do Distrito Federal. O quantitativo autorizado será distribuído da seguinte forma:  50 vagas imediatas e 100 vagas para cadastro reserva.
 
A corporação também tem autorização para a realização de um novo concurso público para delegados. Também serão 50 vagas para o cargo, além de 100 vagas para formação do cadastro reserva. Ainda não há mais detalhes sobre previsão de lançamento do edital.
 
Além dessas autorizações, a PCDF também já anunciou que vai oferecer uma nova seleção para a área administrativa.  Ao todo, serão oferecidas 740 vagas, sendo 260 imediatas e 480 para a formação de cadastro de reserva. As chances serão para gestores de apoio e analistas de apoio.
 
As oportunidades serão distribuídas entre nível médio e superior, sendo 60 vagas para gestor e 200 para analista. Já as demais 480 vagas serão em cadastro de reserva. Confira aqui as dicas com especialista.
 
Bombeiros
 
Recentemente foi publicada portaria que autoriza novo concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. De acordo com o documento, as vagas serão para militares de diversos quadros e qualificações, relativos a oficiais e praças.
 
O quantitativo autorizado será distribuído da seguinte forma:
 
23 oficiais combatentes,
 
10 oficiais médicos
 
3 oficiais cirurgiões dentistas
 
10 oficiais complementares
 
310 praças dos quadros do CBMDF.
 
Iprev-DF
 
O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal também divulgou autorização para instituir grupo de trabalho com a finalidade de realizar estudos técnicos, objetivando a contratação de banca organizadora, para o concurso público da  Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev). O certame prevê oferta de 85 vagas para o cargo de analista previdenciário.
 
O grupo será responsável pelo planejamento, organização e execução do concurso público para o cargo que é  da Carreira de Atividades Previdenciárias e será composto por servidores devidamente designados pelo Secretário de Economia.
 
Do total de vagas, 65 serão imediatas e 20 para a formação de um cadastro de reserva. A carreira conta com três especialidades, sendo elas especialista previdenciário; especialista em investimentos; e especialista em atuária. Agora, com a autorização para formação da comissão, os próximo passos são a escolha da banca e a publicação do edital.
 
Para concorrer ao cargo de especialista previdenciário será preciso ter nível superior completo em qualquer área de formação mais o seu respectivo registro, quando exigido.
 
Já para o especialista em investimentos serão aceitos diplomas em administração, ciências econômicas, ciências contábeis, comércio exterior ou matemática, além da certificação profissional e do respectivo registro na área, quando exigido. Por fim, o especialista em atuária deverá ter concluído a graduação em ciências atuariais e apresentar o registro no respectivo órgão de classe.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS