BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

União entre Unesc e CIEE facilita o acesso de jovens ao mercado de trabalho

O programa também oferece vaga de aprendiz, através do programa Aprendiz Legal, para jovens com idades entre 14 e 24 anos incompletos

ASSESSORIA

26 de Fevereiro de 2020 às 10:57

Foto: Divulgação

Desde julho de 2018, a Unesc selou uma parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e acolheu o Polo que ocupa uma sala no 2º andar da instituição de ensino. O CIEE é uma associação sem fins lucrativos reconhecida como entidade de assistência social que, por meio de diversos programas, dentre eles o de aprendizagem e o estágio de estudantes, facilita o acesso de adolescentes e jovens ao mundo do trabalho.

 

 

“Por entendermos que 0 CIEE promove a inclusão social junto às empresas e órgãos públicos, oportunizando a inserção de jovens estudantes no mercado de trabalho, incluindo pessoas com algum tipo de deficiência, a Unesc acolheu 0 CIEE, oferecendo toda a estrutura da instituição em prol deste programa”, destaca o diretor institucional da Unesc, Antônio Carlos Nascimento.

 

 

Atualmente, o Polo do CIEE em Cacoal conta com mais de 30 empresas e órgãos públicos cadastrados, sendo oportunizando vagas de estágio para jovens estudantes com idades a partir de 16 anos, cursando o ensino médio ou superior.

 

O programa também oferece vaga de aprendiz, através do programa Aprendiz Legal, para jovens com idades entre 14 e 24 anos incompletos, estudantes do ensino fundamental, médio, técnico ou formado. Ressaltando que todos os estágios são remunerados pelas empresas e órgãos contratantes.

 

 

Estudantes de qualquer instituição de ensino médio ou superior que queiram se cadastrar ao CIEE devem acessar o portal do Centro de Integração Empresa-Escola na internet e preencher o cadastro.

 

“A partir do momento que surge uma vaga de estágio junto às empresas, a equipe do Polo de Cacoal entra em contato com os jovens estudantes, possibilitando seu ingresso no mercado de trabalho”, explica Aldenir Fábio de Lara, assistente administrativo do CIEE em Cacoal.

 

Aldenir também faz questão de convidar empresas de Cacoal e de toda região para conhecerem o programa de estágio e efetuar o cadastro junto ao CIEE.

 

Karina Cristiano Bispo, acadêmica do 7º período do curso de Direito da Unesc, é uma entre tantos jovens estudantes que conquistaram uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho através do Programa do Centro de Integração Empresa-Escola. A jovem foi selecionada e hoje é estagiária do Tribunal de Justiça de Rondônia, no Fórum Ministro Hermes Lima, de Pimenta Bueno.

 

“Com o CIEE, em parceria com a Unesc, pude ter ciência da vaga de estágio no Tribunal. O estágio me proporcionou um desenvolvimento profissional e acadêmico fundamental para a minha graduação. Com ele adquiri conhecimento sobre a prática forense e, além disso, desenvolvimento na oratória”, destacou a jovem.

 

 (Giliane Perin – Assessoria de Imprensa/Unesc)

https://portal.ciee.org.br/

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS