BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Rondônia já recebeu 34 milhões para combate à Covid-19

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

09 de Julho de 2020 às 08:49

Atualizada em : 09 de Julho de 2020 às 14:35

Foto: Divulgação

 

RECURSOS PARA COMBATE AO CORONAVÍRUS

Rondônia já recebeu R$ 34.014.411,39 (trinta e quatro milhões e catorze mil e quatrocentos e onze reais e trinta e nove centavos), para investir em ações de saúde no combate à pandemia.
 
TRANSPARÊNCIA
 
Segundo o governo, a divulgação dos valores,  tanto dos encaminhados pelo Governo Federal como de emendas de bancadas, são para mostrar a transparência da aplicação dos recursos e onde eles estão chegando.
 
PONTUAL
 
De acordo com o Governo, as verbas chegam aos municípios seguindo a destinação apresentada pelas bancadas em Brasília (DF) e, principalmente, atendendo ao Plano de Aplicação apresentado por cada município.
 
DUAS ETAPAS
 
Em uma primeira fase de enfrentamento à Covid-19, Rondônia recebeu R$ 11 milhões que foram distribuídos para Porto Velho R$ 3 milhões, Ariquemes R$ 1,5 milhão, Ji-Paraná R$ 1,5 milhão, Cacoal R$ R$ 1 milhão, Vilhena R$ 1,5 milhão, Rolim de Moura R$ 700 mil, Jaru R$ 400 mil, São Francisco do Guaporé R$ 700 mil.
 
NA SEQUÊNCIA
 
O Estado recebeu outros R$ 23.014.411,39 (vinte e três milhões e catorze mil e quatrocentos e onze reais e trinta e nove centavos) provenientes de emenda parlamentar da bancada federal e individual, também para custeio de enfrentamento à Covid-19.
 
PILANTRAGEM
 
Corrupção' e 'problemas' viram marcas da imagem internacional do ...
 
Falando em pandemia, já já eu vou divulgar aqui na coluna os nomes de alguns “empresários” com patrimônio declarado de 1, 2, 3 milhões que, por incrível que pareça, se candidataram ao auxílio emergencial.
 
PILANTRAGEM 2
 
Além da gravidade do golpe que os lacaios estavam prontos a aplicar, tendo solicitado o auxílio, por incrível que pareça já estava tudo pronto para o Governo Federal ajudar os trapaceiros.
 
MAIS PILANTRAGEM
 
Empresário cansado de ser achacado por alguns políticos cafajestes tomou uma atitude e vai mostrar como funciona a vida de algumas pessoas que tentam trabalhar honestamente mas não conseguem. Ele gravou tudinho em áudio e vídeo.
 
MAIS PILANTRAGEM 2
 
Na gravação, são nítidas as imagens de entrega de valores. E a roubalheira tem hierarquia. São três escalões de comando onde o chefão, é óbvio, é melhor remunerado. Logo que a Justiça autorizar, estaremos divulgando a ladroagem. 
 
JEAN OLIVEIRA
 
É estável o estado de saúde do deputado Jean Oliveira, internado com coronavírus no hospital Albert Eistein, em São Paulo, desde a tarde ontem. Segundo a equipe médica, o parlamentar está reagindo bem aos medicamentos. 
 
24 HORAS
 
A família foi informada que é necessário aguardar 24 horas, desde a transferência de Porto Velho para São Paulo, para que Jean passe por nova avaliação. Um boletim médico deverá ser divulgado ainda hoje.
 
REABERTURA
 
Fronteira do Brasil com a Bolívia em Guajará-Mirim foi fechada por ...
 
 
Autoridades brasileiras e bolivianas, em Guajará-Mirim, estão discutindo ações para a reabertura do comércio na Fronteira, que foi fechado desde março quando começaram a surgir os casos de coronavírus.
 
MEDIAÇÃO
 
As demandas para uma possível solução estão sendo encaminhadas pela coordenação do Núcleo Estadual para o Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira em Rondônia (Neifro) em conjunto com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
 
PREJUÍZOS
 
Sem o comércio estabelecido entre Guajará-Mirim e Guayarámerín, que antes movimentava a cidade, são grandes os prejuízos na economia local que está sujeita à hiperinflação e até  desabastecimento de alguns produtos alimentícios na cidade boliviana. Um documento vai ser enviado ao Itamaraty e à Embaixada Boliviana.
 
SEM FILA DE ESPERA
 
Prefeitura de Porto Velho
 
A prefeitura divulgou que o tempo de espera para o atendimento presencial nas unidades de referência, para quem apresenta sintomas leves do novo coronavírus, foi reduzido. A implantação de mais um centro especializado, o Call Center, estaria conseguindo realizar agendamentos para o mesmo dia ou para o dia seguinte, dependendo do horário do contato do paciente.
 
LOCALIZAÇÃO
 
Para reduzir o tempo de espera do cidadão, além do CEM, que iniciou em abril os atendimentos dos pacientes encaminhados pelo Call Center, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) implantou o segundo centro de referência ao coronavírus na unidade Manoel Amorim de Matos, na zona Sul.
 
QUASE 200 POR DIA
 
Segundo a Semusa, desde 16 de junho, quando as atividades iniciaram, até 30 de junho, foram acolhidos 1.998 pacientes. Média de 180 pessoas atendidas diariamente.
 
MAIOR DEMANDA
 
O Call Center registrou alto volume de chamadas nos dois últimos meses, sendo 23.148 em maio e 30.219 em junho. Desse total, mais de 11 mil foram encaminhados para atendimento presencial no CEM e Amorim de Matos.
 
 
BEM AVALIADO
 
Na última segunda-feira (06), o Ministério Público do Estado divulgou resultado positivo da avaliação realizada no Call Center da Prefeitura de Porto Velho, que atende pacientes com suspeita do novo coronavírus. Segundo as instituições, o Call Center atende as demandas referentes a COVID-19, cumpre o fluxograma proposto e vem realizando suas atividades com efetividade. 
 
AMPLIAÇÃO
 
Recém implantado, o segundo centro de referência no atendimento ao coronavírus foi ampliado para melhor atender a população. A unidade funciona todos os dias, das 07 às 18h, com 03 médicos por turno durante a semana e dois nos finais de semana. Além das consultas médicas, o paciente realiza o teste rápido e recebe medicamentos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS