BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONSIDERAÇÕES E RETRATAÇÕES - A arte de sobreviver na corda bamba - Por Paulo Andreoli

Amam de coração a censura e ejaculam com ações judiciais

DA REDAÇÃO

26 de Abril de 2020 às 13:12

Foto: Divulgação

Voltei a escrever. Fazia um bom tempo que não me dedicava a escrita. Passo por dias dificeis neste momento da vida e brincar com as 'letrinhas', desenhar com adjetivos e movimentar com o verbo me distraem.

 

Publiquei tres artigos opinativos nesta semana. E a pedido, preciso fazer algumas considerações e reportar opinões contrarias. Assim se faz no jornalismo e na vida, respeitar criticas e aprender com elas.

 

MARCOS ROGÉRIO - Leia aqui - https://rondoniaovivo.com/noticia/geral/2020/04/25/marcos-rogerio-nao-era-fake-news-era-jornalismo-por-paulo-andreoli.html

 

Uma assessora do senador da Republica Marcos Rogerio entrou em contato com uma pessoa, para conseguir meu contato. Muito solícita, pediu que publicasse um contra ponto sobre meu pedido de melhor consideração com classe jornalistica. Me chama atenção texto redigido na terceira pessoa. Então, considero como material de assessoria e não de póprio punho do parlamentar

 

Reporta-se

 

1) Antes de publicar, o senador conversou com o Ministério da Justiça sobre a demissão. Quem classificou como fakenews foi a própria assessoria do ministro. Até quinta-feira o ministro não tinha a intenção de deixar o cargo.

 

(Para acusar de mentirosos toda a Imprensa brasileira, deveria como bom jornalista ter embasado sua afirmação em contato com a propria fonte, no caso em tela, o ex-ministro Sergio Moro. Asssessoria nem sempre sabe de tudo. As vezes nem agenda com telefones de contato eles tem. Pelo jeito, MR não tinha o telefone pessoal do ministro, assim como não tinha o meu..rssrsrs).

 

2) O ministro só decidiu deixar o cargo no dia seguinte, na sexta, motivado pela troca de comando na Polícia Federal. Fato que só ocorreu na sexta-feira. Só então o ministro optou pela demissão, após novo diálogo com o presidente.

 

( Esta informação é a comprovação do óbvio. Só que veio no esclarecimento mais uma "noticia falsa". Não houve novo dialogo de Moro com o presidente. O ex-juiz convocou coletiva sem falar com o chefe antes. Diga-se de passagem que saiu chutando o pau da barraca como se diz no popular, mas este é outro assunto).

 

3) Mas de todo modo, o senador reconhece que se precipitou na divulgação da notícia.

 

(Então, como podemos ver, mais um vez na terceira pessoa, o senador reconheceu a precipitação. Parabéns ao grande Marcos, como escrevi lá em cima, recenhecer erros e aceitar criticas é digno, mas confesso que esperava uma missiva mais pessoal. Ficou meio distante, tal qual aqueles cristãos que quando vão na igreja e só tomam assento no pulpito, longe do povo).

 

Do mais, quando aterrizar em Porto Velho com seu "Papa Romeo" faça uma visita. Desejo sempre céu de brigadeiro para suas viagens sobre o céu azul de Rondônia.

 

FREIO E FOCINHEIRA - leia aqui - https://rondoniaovivo.com/noticia/geral/2020/04/23/freio-e-fucinheira-ataques-a-presidente-da-assembleia-e-imprensa-nascem-no-cpa-por-paulo-andreoli.html

 

Como não poderia deixar de ser, recebi mensagens nada elogiosas após publicação de artigo de ataques a imprensa e uso de recurso público dentro do CPA para tanto. Uma anonima no sentido literal da palavra, mas também apareceram as produzidas por perfis 'falsos' e não 'fakes'. Não gosto de expressões americanas no nosso sonoro e complexo Português.

 

Pois bem. Não sou contra o atual governo. Não confundam alhos com bugalhos. No periodo eleitoral tinhamos dois grupos antagonicos. Eu e minha familia ficamos com a opção do novo, sem a ingerencia da velha e carcomida politica rondoniense.

 

Alías, seja registrado que o pessoal que estava do 'lado de lá' não tem nenhum apreço por mim e meus rabuscados textos. Amam de coração a censura e ejaculam com ações judiciais.

 

São representados por oligarquias politicas, que fizeram a nobre arte da politica um meio de vida. Elege-se com muito dinheiro, pais, filhos, netos, cunhados, esposas e por aí vai. Com um pouco mais de recursos, até o cachorro da familia pode um dia a vir ser vereador. Rondônia merecia experimentar algo realmente novo, com ênfase na probidade administrativa.

 

Ainda continuo acreditando na lisura e vontade de fazer o certo da atual gestão. Com a ascenção do atual governador, veio muita gente boa ao staff estadual, mas temos também muita gente que não tem capacidade de assessorar um governador. Seja aqui ou em qualquer outro estado da federação. E como gostam de provocar odio e cizania politica. Como gostam mesmo.

 

Uma administração só da certo com união de todos os poderes. E com respeito ao cidadão, a lberdade de expressão e trabalho da imprensa, um dos pilares da democracia.

 

Neste grupelho que me referi, tem gente estupida que pede até AI-5, sem entender o que significa a supressão dos direiros civis e politicos dos cidadãos.

 

Tem gente mais 'lesa' no CPA que pede intervenção militar, sem antes saber qual General que ele gostaria que assumisse. Sim senhores, qual general?? Ou acreditam que assumiria um capitão no lugar de um general "4 estrelas'? Só rindo mesmo.

 

Bora seguir, não tenho medo de ameaças 'on-line' de covardes anonimos.

 

AINDA SOBRE GABINETES DE ÓDIO

 

Recebo no aplicativo mensagem do amigo e ex-governador  Daniel Pereira afirmando que na sua gestão não houve montagem de grupelhos para ataque a Imprensa.

 

Concordo, generalizei. Me perdoe nobre amigo.

 

Mas faltou dizer que esta não é um praxis somente de Governo. na Assembleia Legislativa já vi isso acontecer e  também em prefeituras.

 

Quer um exemplo recente? Porto Velho, onde na assessoria do atual gestor, tem uma turminha que não trabalha e passa o dia a atacar seus adversarios politicos ou simplesmente criticos de situações pontuais da gestão tucana. Sou um dos alvos preferidos da gentalha. Até boletim de ocorrencia já registrei.

 

FUSCA DO HYPPIE - leia aqui - https://rondoniaovivo.com/noticia/geral/2020/04/24/so-rindo-o-fusca-do-hippie-e-o-helicoptero-dos-bombeiros-por-paulo-andreoli.html

Nada a comentar, não apareceu comprador pro meu fusca 76. No caso do 'Asas Rotativas' dos Bombeiros/Abelhas está 'tudo dantes como no quartel de abrantes'. Sem punição, sem uma palavra. Até o dia em que a aeronave vermelha 'estolar'.

 

Mas após esporro da presidente da ALE/RO, ouvi um zumzumzum que 'Papa Maique Lima' não irá mais fazer 'bons projetos e excelentes compras' com os 80 milhões de reais de recursos aeroviarios no estado.

 

Um bom domingo a todos.!!!

 

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS