POBREZA: Governo Federal prevê que salário mínimo deve ser menor que o previsto

Projeção do Boletim Macrofiscal, divulgado nesta quinta-feira (15/9) pela Secretaria de Política Econômica (SPE), passou de 7,41% para 6,54%

POBREZA: Governo Federal prevê que salário mínimo deve ser menor que o previsto

Foto: Divulgação

 

O Ministério da Economia atualizou a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 2022, utilizado para a correção do salário mínimo. A projeção do Boletim Macrofiscal, divulgado nesta quinta-feira (15/9) pela Secretaria de Política Econômica (SPE), passou de 7,41% para 6,54%. Se esse aumento previsto se confirmar e não houver mudança no cálculo, o reajuste do salário mínimo deste ano também será menor do que o estimado anteriormente.

 

Na última semana, o governo enviou a proposta de orçamento de 2023, contemplando R$ 1.302 para o salário mínimo, valor que considera apenas a variação da inflação neste ano, antes em 7,41%.
 
 
Como recuou da projeção do INPC, o valor do salário mínimo também deve ficar cerca de R$ 10 menor do que a última projeção. Essa nova estimativa também é provisória. Se a inflação medida pelo INPC no acumulado de 2022 for diferente da estimativa, o governo terá de rever o montante.
 
 
O valor do piso para 2023 será definido até o fim do ano. Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para 56,7 milhões de brasileiros no Brasil, das quais 24,2 milhões são beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Direito ao esquecimento

Você assiste programa eleitoral na televisão?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS