FAKE NEWS: STF pode indiciar Bolsonaro por espalhar mentiras sobre covid

Pedido para isso da Polícia Federal está nas mãos de Moraes

FAKE NEWS: STF pode indiciar Bolsonaro por espalhar mentiras sobre covid

Foto: Divulgação

 
O presidente Jair Bolsonaro pode ser indiciado por praticar o crime de propagar informações falsas sobre a Covid-19.
 
A Polícia Federal pediu autorização ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes para indiciar Bolsonaro.
 
Além disso, a PF solicitou permissão para tomar o depoimento de Bolsonaro sobre o assunto.
 
A investigação apura informações divulgadas por Bolsonaro em uma transmissão ao vivo realizada em junho do ano passado, na qual ele citou uma relação inexistente entre a vacina da Covid-19 e o aumento do risco de desenvolver Aids.
 
Para a PF, essa associação poderia ser classificada como uma contravenção penal de “provocar alarme a terceiros, anunciando perigo inexistente”.
 
A contravenção é uma infração penal considerada de menor gravidade, punível de forma mais branda pela legislação.
 
Outro trecho, entretanto, foi considerado mais grave no relatório parcial da PF. Nele, o presidente citou uma informação falsa, de que as vítimas da gripe espanhola morreram em maior parte por causa do uso de máscaras do que pela gripe.
Direito ao esquecimento

Você acredita que o Brasil pode ser campeão da Copa do Mundo do Catar, que será realizada esse ano?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Sindetran RO

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS