TEMOR: União Europeia quer impor quarentena de 14 dias para viajantes que chegarem do Brasil

Cada país, no entanto, tem autonomia para impôr suas próprias restrições aos viajantes

TEMOR: União Europeia quer impor quarentena de 14 dias para viajantes que chegarem do Brasil

Foto: Divulgação

 

A Comissão Europeia propôs impor uma quarentena de 14 dias aos viajantes que chegarem à União Europeia vindos do Brasil, África do Sul, Reino Unido ou qualquer outro país com variantes mais contagiosas do novo coronavírus.
 
A proposta foi entregue pela Comissão Europeia nesta segunda-feira (25) ao Conselho Europeu, que irá avaliar o pedido em reunião com representantes dos 27 Estados-membros do bloco. Cada país, no entanto, tem autonomia para impôr suas próprias restrições aos viajantes.
 
O documento propõe também que qualquer pessoa que viaje à União Europeia, incluindo cidadãos ou residentes, faça o teste PCR com no máximo 72 horas antes do embarque. Além disso, são recomendados testes após a chegada e a quarentena de 14 dias caso o passageiro venha de países onde há registro de novas variantes do novo coronavírus.
 
"O que precisamos agora, tendo em conta as novas variantes, é ainda mais coordenação e um esforço europeu conjunto para desencorajar viagens não essenciais. O fechamento de fronteiras não vai ajudar, medidas comuns vão", diz em comunicado o comissário da Justiça da União Europeia, Didier Reynders.
 
A União Europeia classifica como viagens essenciais as de profissionais da saúde, passageiros em trânsito, viagens por motivos familiares ou profissionais imperativos, entre outras.
 
Para tentar impedir a disseminação da variante do novo coronavírus encontrada no estado do Amazonas, diversos países já proibiram voos vindos do Brasil, como a Áustria, a Turquia, o Reino Unido e também a Itália.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS