BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Jovem perde pai por infarto e mãe por Covid-19 no mesmo dia: 'Foi um choque'

Além de Felipe, de 23 anos, o casal também deixou uma filha de 13 anos

ISTOÉ

13 de Novembro de 2020 às 17:18

Foto: Divulgação

 
O jovem Felipe Tiago Moraes, de 23 anos, perdeu o pai e mãe no mesmo dia no começo deste mês, em Curitiba (PR). Na manhã do último dia 4, Ana morreu no hospital por complicações causadas pela Covid-19 e Marcos sofreu um infarto fulminante dentro de uma agência bancária. As informações são do G1.
 
“Foi horrível. A gente até vinha se preparando caso acontecesse alguma coisa com a nossa mãe porque o estado dela era grave. Só que com o pai foi repentino, ainda mais no mesmo dia, praticamente na mesma hora. Eles nunca se separavam e, agora, descansaram juntos”, disse Moraes que tem uma irmã mais nova, de 13 anos.
 
Conforme o jovem, a mãe estava internada e sedada e não chegou a saber da morte do marido, que também morreu sem saber que a esposa havia falecido. Ao G1, Moraes contou que o pai, de 62, já havia feito uma cirurgia no coração anos atrás.
 
Já Ana passou por uma cirurgia este ano para retirar um câncer benigno na cabeça. Três semanas depois, ela apresentou sintomas de Covid-19 e teve que ser internada. Ela chegou a ficar três semanas entubada, mas não resistiu às complicações da doença.
 
De acordo com Felipe, quando a mãe faleceu, o hospital ligou para ele pedindo que fosse até o local e levasse um documento dela e dele. Após a ligação, ele ficou aguardando o pai voltar da agência bancária. Algumas horas depois, ele acabou indo ao hospital na companhia da irmã e uma tia.
 
“Chegando lá, a tia falou para o médico que o nosso pai tinha sofrido um infarto fulminante no banco e tinha morrido. Aí o médico entrou na sala para explicar que a minha mãe tinha falecido e já informou também que naquela manhã o nosso pai também tinha morrido. Foi um choque”, relatou ao G1.
 
Ajuda de amigos
 
Segundo Moraes, a mãe era professora de educação física e o pai era contador. Depois da morte deles, o jovem descobriu que a casa em que eles moram foi leiloada. Por conta disso, ex-colegas de faculdade dele, amigos e professores fizeram uma vaquinha na internet para auxiliar os irmãos. Até o momento, já foram arrecadados R$ 35 mil.
 
“A minha mãe sempre foi muito carinhosa e atenciosa com todo mundo, até por isso muitas pessoas têm nos ajudado em gratidão à ela. O meu pai também sempre tentou fazer de tudo pela gente. Não gostava nem de contar os problemas para não nos preocupar. Sou grato por todo apoio recebido nesse momento tão dolorido”, afirmou o jovem
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS