BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

POR CIÚMES: Mulher denuncia namorado que a espancou enquanto dormia

Ele me imobilizou e, como não tive condições de me mexer, começou a me bater demais

PAINEL POLÍTICO

04 de Novembro de 2020 às 15:37

Atualizada em : 04 de Novembro de 2020 às 15:46

Foto: Divulgação

 

PAINEL POLÍTICO - A brasileira Júlia Freitas, de 19 anos, denunciou o namorado por tê-la agredido enquanto dormia na casa dele na Irlanda. Segundo a jovem, as agressões ocorreram após José Augusto, de 28 anos, ler trocas de mensagens antigas no celular dela.
 
Acordei e, quando olhei, ele estava sentado em cima do meu peito, com os joelhos nos meus braços. Ele me imobilizou e, como não tive condições de me mexer, começou a me bater demais. Implorei para ele parar e não me matar, mas ele dizia que ia me matar”, relatou a vítima em entrevista a TV Anhanguera.
 
Nas redes sociais, o homem que também é brasileiro afirmou que não tentou matá-la e pediu perdão pela agressão. “Vou pagar pelo meu erro da forma mais dura. Só quero que isso sirva de lição para vocês, pensem antes de agir e respeitem seus relacionamentos”, escreveu o homem.
 
De acordo com Júlia, ela mora em Dublin e foi passar uns dias na casa do namorado em Navan, a 54 quilômetros de distância. Segundo a jovem, ela só conseguiu se livrar das agressões porque alguns amigos estavam na casa e entraram no quarto após ouvirem barulhos.
 
Eles se deparam com a minha boca cheia de sangue e meu rosto ensanguentado, ele não parava de me bater”, contou a vítima.
 
Conforme a jovem, ela conseguiu se esconder em um celeiro perto da casa dele. Em seguida, os amigos a encontraram e a levaram para o hospital. Segundo os familiares do agressor, a última informação que eles tiveram é de que José Augusto aguarda um advogado para se apresentar às autoridades.
 
Procurado pela TV Anhanguera, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que o “caso é da maior gravidade e está sendo apurado no âmbito policial e da Justiça pelas autoridades irlandesas”.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS