BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COVID-19: Rússia vai registrar 1ª vacina na próxima semana; vacinação inicia em outubro

A velocidade dos ensaios clínicos e a falta de transparência para divulgar os resultados geram questionamentos

SBT

07 de Agosto de 2020 às 11:38

Atualizada em : 08 de Agosto de 2020 às 08:29

Foto: Divulgação

A primeira vacina contra o novo coronavírus do mundo será registrada no dia 12 de agosto pela Rússia. Segundo informações do ministro de Saúde do país, Mikhail Murashko, todas as despesas serão cobertas pelo orçamento do estado.
 
"No momento, o terceiro e último estágio está em processo. Os testes são extremamente importantes. Temos de entender que a imunização precisa ser segura. Profissionais médicos e cidadãos idosos serão os primeiros vacinados", disse em entrevista à agência de notícias Sputnik News. 
 
A imunização é desenvolvida pelo Ministério da Defesa Russo e o Instituto Gamaleya de Epidemiologia e Microbiologia, em Moscou. 
 
Segundo o Sputnik, os testes estão sendo feitos no Hospital Clínico Militar de Burdenko e na Universidade Médica Estatal Sechenov. Eles começaram em 18 de junho e incluíram 38 voluntários. Todos os participantes desenvolveram imunidade.
 
Se a eficácia da vacina for comprovada, a vacinação em massa no país está prevista para acontecer em outubro deste ano.
 
Nova imunização
 
No início do mês, o país iniciou a fase final de testes da segunda possível vacina contra a Covid-19. A expectativa é que 100 pessoas com idades entre 18 e 60 anos sejam monitoradas.
 
A primeira vacina russa começou a ser testada em humanos em julho. A chefe da pesquisa na Universidade de Sechenov, Elena Smolyarchuk, afirmou que "a pesquisa foi finalizada e provou que a vacina é segura". Os voluntários serão monitorados por seis meses.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS