BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PESAR: Médicos confirmam morte do agente penitenciário que passou mal em corrida

Corpo de Juraci Duarte será trazido para Vilhena, onde ele será velado e sepultado

Folha do Sul Online

22 de Janeiro de 2020 às 09:37

Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Na noite desta terça-feira (21), médicos do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (MT), comunicaramaos aos familiares a morte clínica do agente penitenciário vilhenense Juraci Santos Duarte. O corpo será trazido para Vilhena, onde ele será velado e sepultado.


 
Duarte tinha 40 anos e concorreu a deputado estadual em 2018. O homem passou mal durante a tradicional Corrida de Reis, realizada há 36 anos nas ruas de Cuiabá. Exames indicaram que o desportista havia sofrido um AVC isquêmico e teve seu cérebro afetado.


 
Médicos da unidade chegaram a anunciar a morte encefálica de Duarte, que desde então era mantido vivo ligado por aparelhos, enquanto os profissionais seguiam regras de protocolo previstas para este tipo de situação. Ainda não há informações sobre a doação de órgãos.

 

 

 

Nota de pesar da Câmara de Vereadores pela morte do agente penitenciário Juraci Duarte

 

Os vereadores de Vilhena lamentam a morte do agente penitenciário Juraci Santos Duarte, de 40 anos, ocorrido na noite de terça-feira (21), em um hospital de Cuiabá (MT).
 

De acordo com familiares, Duarte passou mal após participar da tradicional Corrida de Reis, na capital mato-grossense, no dia 12 de janeiro deste ano. Ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), estava internado, mas não resistiu. A morte clínica foi confirmada pela equipe médica no início da noite dessa terça-feira.


O corpo está sendo trazido para Vilhena. O velório está previsto para acontecer na Igreja Assembleia de Deus, próximo ao Hospital Regional. O enterro deve acontecer nesta quinta-feira (23), mas o horário ainda não foi definido.


Os vereadores expressam votos de pesar à família e amigos, na certeza de que Deus os confortará.

 

Trajetória

Conforme informações do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Socioeducadores de RO (Singeperon), Duarte nasceu em novembro de 1979, em Colorado do Oeste e ingressou na carreira penitenciária em 2005.


Duarte exerceu diversos cargos de direção em Porto Velho: foi diretor geral do Grupo de Intervenção Tática, diretor geral da Penitenciária Estadual Edvan Mariano Rozendo e diretor geral do Centro de Ressocialização Vale do Guaporé.


Ainda na capital, se graduou em educação física pelo Centro Universitário Luterano do Brasil (Ulbra). No Cone Sul, Duarte exerceu o cargo de diretor do Centro de Ressocialização de Vilhena. Também teve trajetória na política. Em 2018 concorreu ao cargo de deputado estadual pelo PHS.

 

DICOM 
Diretoria de Comunicação da Câmara de Vereadores de Vilhena

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS