BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Ladrões de verbas públicas - Por Valdemir Caldas

Por Valdemir Caldas

Por Valdemir Caldas

17 de Junho de 2020 às 10:48

Foto: Divulgação

Nesses tempos de pandemia, gestores públicos irresponsáveis estão se aproveitando da maleabilidade da legislação para meterem as mãos sujas no dinheiro destinado à saúde. Isso pode ser facilmente comprovado diante das operações realizadas pela Policia Federal em vários estados da federação. 

A constatação de que milhões de reais, pertencentes à saúde, foram utilizados para comprar equipamentos com preços superfaturados, é crime, cuja finalidade é deixar cada vez mais ricos os que sempre deram um jeito de corpo para se nutrirem nas flácidas tetas do erário.

O mecanismo sugere a existência de um esquema criado exatamente para sustentar o desvio de finalidade do dinheiro que deveria garantir a efetiva funcionalidade do setor, principalmente nesse momento difícil da vida nacional, quando o país enfrenta uma pandemia que já ceifou milhares de brasileiros. 

É importante que a Polícia Federal, os Tribunais de Contas e as Assembleias Legislativas continuem engajados no processo e queiram saber de que forma e onde estão sendo aplicados os milhões destinados à saúde no combate à pandemia do Coronavirus.

Às vezes, chego a pensar que essa gente tem uma pedra no lugar do coração, pois não se condói com a dor e o sofrimento de milhões de brasileiros que vegetam na mais abjeta inanição, enquanto outros tantos se consomem nos corredores dos hospitais da rede pública aguardando por um atendimento, que, quando chega, geralmente é muito tarde. E o pior é que alguns ladrões dos dinheiros públicos ainda tentam minimizar os fatos ou então criar subterfúgios para justificar o esquema, o que soa como mais uma provocação absurda e inaceitável. Pelo que se tem acompanhando no noticiário local e nacional, as investidas contra o dinheiro da saúde continuarão na pauta do dia da Policia Federal, como uma exigência legal, ética, moral e legítima, até porque o desvio é feito com verbas públicas que têm critérios de utilização e devem ser monitorados pelos órgãos de fiscalização.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Vereador Aleks Palitot verifica atendimento em UPAs

Vereador Aleks Palitot verifica atendimento em UPAs

O vereador conversou com a população que buscava atendimento e também com integrantes das equipes das unidades onde colheu informações para a elaboração de oficio a ser encaminhado ao Executivo cobrando as devidas tomadas de providência.

10 de Julho de 2020 às 15:06