FOLIA: 1.726 Policiais Militares atuarão na segurança da ‘Banda do Vai Quem Quer’

FOLIA: 1.726 Policiais Militares atuarão na segurança da ‘Banda do Vai Quem Quer’

Foto: Divulgação

 

Assembleia Legislativa
 
Nesta quarta-feira (15), às 9 horas, acontece a abertura do ano legislativo da Assembleia Legislativa de Rondônia. Na ocasião, será instalada a 1ª Sessão Legislativa Ordinária da 11ª Legislatura. A solenidade será conduzida presidente Marcelo Cruz (Patriota). O rito será seguido conforme a tradição, quando a sessão terá início com a mensagem governamental, onde o próprio governador Cel. Marcos Rocha (União Brasil), deve explanar sobre os trabalhos realizados nos últimos quatro anos e quais são as prioridades do Poder Executivo para este mandato.
 
 
Segurança
 
O Carnaval já começou em Porto Velho e a festa para ser completa necessita de segurança para toda a comunidade. Isso tanto para quem prefere a tranquilidade do lar como para que quer aproveitar a animação da avenida. A Polícia Militar na capital está preparada para garantir a paz necessária a folia. Essa garantia foi dada pelo Coronel PM Robinson Brancalhão, comandante Regional de Policiamento I, na capital.
 
Banda do Vai Quem Quer
 
O Policial revelou também que para o desfile da ‘Banda do Vai Quem Quer’, que acontece no próximo sábado(18), está sendo mobilizado um contingente de 1726 policiais militares para fazer a segurança durante todo o trajeto do bloco. Ele disse ainda que além disso, patrulhas estarão nos bairros para intimidar a ação de ladrões, que se aproveitam da ausência dos donos das casas para, literalmente, fazer o ‘limpa’. A conversa como o coronel pode ser conferida no link.
 
 
Política
 
O credenciamento do curso de ‘Capacitação para Vereadores, Assessores e Servidores dos Poder Legislativo e Executivo Municipal’, estará acontecendo entre às 14:00 e 17:00, desta quarta-feira(15), no Aquarius Selva Hotel, com uma carga horária de 20 horas. As palestras ocorreram a partir do dia 16, durante manhã e tarde. Nesse primeiro dia o tema será ‘Liderança e Gestão de Pessoas’, tendo como palestrante Sérgio Augusto Oliveira. No segundo, e último, dia(17), o advogado Manoel Veríssimo Neto irá explanar sobre os temas ‘Mídias Sociais e Privacidade no Exercício do Mandato’ e ‘Contratos Eletrônicos, Assinatura Digital e Certificação Eletrônica’.  O evento é uma promoção da Digitaldoc Assessoria e Consultoria, e maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: 69 99356-0223.
 
 
País da Bala
 
Levantamento feito pelos institutos Igarapé e Sou da Paz mostrou que o Brasil está se tornando um nação armada. Para se ter a dimensão do problema, somente em 2022, civis compraram mais armas do que em 2018, 2019 e 2020 somados. Hoje, já são quase 3 milhões de armas dos mais variados calibres em acervos particulares.
 
Tiros
 
Esse acervo mais do que dobrou quando comparado com o existente em 2018, que era de apenas 1,3 milhão de armas. Esse aumento rápido é preocupante pelas diversas pesquisas que relacionam a maior disponibilidade de armas com aumento da violência, em especial quando estão nas mãos de particulares e não são submetidas aos controles existentes, por exemplo, em Corregedorias e Ouvidorias.
 
 
Perfil
 
Outro fator que chamou a atenção nesse estudo foi a mudança em relação ao perfil desses registros. Em 2018, quase metade do acervo de armas pessoais então existente pertencia a membros de instituições militares (47%). O restante do acervo particular era praticamente dividido entre os registros na Polícia Federal (de armas pertencentes a servidores civis, cidadãos comuns com registro para defesa pessoal e caçadores de subsistência - com 26%) e registros pertencentes a CACs (27%). Ao longo dos últimos quatro anos, essa proporção se inverteu com o crescimento da categoria de CACs, que passou a ter 42,5% do total de armas particulares no país, em 2022. Isso é resultado das mudanças das regras de acesso às armas promovido nos últimos quatro anos, quando ocorreu um afrouxamento na legislação. Quem viver, poderá dizer o resultados dessa política de estímulo ao armamento em nosso país!
 
 
História de RO
 
'Uma frente popular no Oeste do Brasil - Do incêndio na Catedral ao Palacete Rio Madeira e outras histórias do território federal de Rondônia'. Esse é o livro mais recente do jornalista rondoniense e radicado no Rio de Janeiro, Zola Xavier da Silveira. A obra revive o passado político de nosso Estado, resgatando personagens como Renato Medeiros, Eliezer Santos (o Bola Sete), Aurélia Banfield, Dionízio Xavier, João Lobo entre outros que marcaram vários momentos da vida rondoniense. 
 
 
Convite
 
O lançamento do livro está marcado para o dia 24 de março de 2023 (sexta-feira), na Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho, a partir das 19 horas. Então, agendem-se, pois, é um show de nossa história! Imperdível!
Direito ao esquecimento
Como você classifica os serviços da Energisa?
Como você classifica a gestão do prefeito Hildon Chaves em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS