R$ 85 MILHÕES: Pontes que desabaram na BR 319 só serão recuperadas em 2024

R$ 85 MILHÕES: Pontes que desabaram na BR 319 só serão recuperadas em 2024

Foto: Divulgação

 
 
‘O que conta não é o que se diz, mas o que não precisa ser dito’ – Alberto Camus- escritor
 
 
Preso
 
A mulher que foi atropelada por um caminhão em Cacoal continua internada e o caminhoneiro atropelador está preso. Esse fato é o que podemos chamar de uma tragédia anunciada. Desde o início desses protestos contra o resultado das eleições presidenciais, uma parcela da população nunca aceitou esse tipo de atitude e se posicionou contra as manifestações. Isso irritou os organizadores que não aceitam ser contrariados.  
 
Perigo
 
O que ocorreu em Cacoal, já havia acontecido em Vilhena, onde um caminhoneiro também se recusou a ficar no bloqueio, e foi quase linchado por uma matilha enfurecida. Foi em Ariquemes também que outra cena de violência se repetiu, quando uma carreta do Supermercado Irmãos Gonçalves foi incendiada e outras saqueadas. Em Nova Mamoré, em mais um bloqueio de rodovia, uma pedra foi arremessada dentro de um carro, onde estava uma família, e, por muito pouco, não atinge as crianças que se encontravam no veículo. Todas essas ações mostram que esses protestos ficaram ainda mais perigosos e que a população está se cansando dessa história.
 
 
BR livre
 
Mas ainda ontem(01), a Polícia Rodoviária Federal informou que todas as estradas de Rondônia estavam sem bloqueios. Espera-se que continuem assim e que as pessoas possam circular livremente, sem se preocupar com o risco de passarem horas paradas nas rodovias, sem poderem chegar ao destino final. Agora, que a PRF fique atenta, pois, os manifestantes podem voltar a qualquer hora!
 
Jogo
 
A nova enquete do Rondoniaovivo já está no ar. O jornal quer saber qual a sua opinião para o jogo entre Brasil e Camarões, que acontece nessa sexta-feira(02). Participe!
 
Enrolação
 
A Assembleia Legislativa do Amazonas realizou ontem(1º), uma audiência pública para discutir o desabamento de duas pontes na BR-319, no último mês de outubro, que deixou quatro mortos e um desaparecido. Os parlamentares amazonenses já chegaram a uma conclusão: o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), não está dando a devida atenção ao caso.
 
2024
 
O superintendente do DNIT no Amazonas, Luciano Moreira de Souza Filho, disse aos parlamentares que a reconstrução das pontes deve ocorrer dentro de um ano. Ele informou também que três empresas atuam em algum grau no trecho onde as estruturas vieram ao chão são elas: a Matera (responsável pela manutenção dos trechos de erosão da via); a LCM Contruções e Comércio (atua diretamente na manutenção das pontes); e o consórcio STE Simempe/AGC (para supervisão das obras). 
 
Sem laudo
 
Apesar da urgência que a situação exige, já que muitas pessoas estão sofrendo com as consequências do acidente, já que ficam isoladas, o superintendente disse no encontro que até o momento há somente um anteprojeto para a reconstrução da ponte sobre o Rio Curuçá e ainda não há nada concreto sobre a Ponte do Rio Autaz Mirim, ambas no KM 25 da BR-319. Porém, nada pode ser feito sem o laudo técnico, que não tem data para ser entregue. Sobre as causas do desabamento e os responsáveis, Moreira disse que ainda não se pode determinar. 
 
R$ 85 milhões
 
Mas o que chamou ainda mais a atenção dos deputados, foram os valores dos contratos com as empresas responsáveis pelos trechos onde houve o acidente. No total, os contratos firmados chegam a mais de R$ 85 milhões, sendo R$ 3.000.803 milhões para Matera, R$ 43.000.249 milhões para LCM e R$ 39 milhões para o consórcio STE.
 
Rondônia
 
Ao final, sobrou até para DNIT rondoniense. O Conselho Regional de Engenharia do Amazonas (CREA-AM) pediu o apoio dos deputados amazonenses para articularem a devolução da responsabilidade sobre a BR-319 para o DNIT Amazonas. Hoje parte da rodovia está sob administração do DNIT de Rondônia. Segundo ele, “os técnicos(do Amazonas)  perderam contato com as pontes, porque o Dnit Rondônia é difícil para repassar informações", declarou.
 
 
Bado
 
Uma conversa sobre música, Porto Velho, Rondônia, matas, rios e a trajetória de vida. Assim foi a entrevista com o cantor Bado, no Programa Conexão Rondoniaovivo, da última quinta-feira(01), que vai ao meio dia, diariamente, pela TV Rondoniaovivo(10.1) e pelas redes sociais do site. Confira nesse link.
 
Samba
 
Nesta sexta(02), se comemora o Dia Nacional do Samba, um ritmo musical que teve origem na cultura africana, mas que se enraizou no Brasil.  Para celebrar esse data, o Mercado Cultural está com uma programação especial, no próximo sábado(03), a partir das 11:30, que contará com apresentações de artistas locais e homenagem à baluarte do samba na cidade, Augusta do Cavaco, uma das rainhas do samba em Porto Velho. Por problemas de saúde, ela não poderá se apresentar.  Como diz um velho samba: “quem não gosta de samba, bom sujeito não é...”!
 
Parque reformado
 
Finalmente, o Parque da Cidade será entregue à população de Porto Velho, no sábado(03). Depois de anos fechados, essa área de esporte e lazer, atrás do Porto Velho Shopping, volta ao seu projeto original, que é o de servir aos moradores da cidade. A prefeitura informou que foi feita uma grande reforma no local. Sugiro que para ficar ainda melhor, que a PM instale uma base nas imediações. Outra coisa, para onde foram os patos que ficavam naquele lago dentro do parque?
 
Direito ao esquecimento

O que você irá fazer neste carnaval?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Fortbras Autopeças

Fortbras Autopeças

Fortbras Autopeças

Fortbras Autopeças

Fortbras Autopeças

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS