SOLUÇÃO: Segurança Pública de RO precisa esclarecer o atentado ao Rondoniaovivo

SOLUÇÃO: Segurança Pública de RO precisa esclarecer o atentado ao Rondoniaovivo

Foto: Divulgação

 

‘Nossa liberdade depende da liberdade de imprensa, e ela não pode ser limitada sem ser perdida’ - Thomas Jefferson – presidente americano
 
Tempos sombrios
 
Seria impossível começar a coluna falando sobre qualquer outro assunto que não fosse, o atentado a tiros contra a sede do Rondoniavivo, na madrugada do último sábado (12). As vinte cápsulas encontradas no local e as portas estilhaçadas, nos deram a dimensão de que, de fato, estamos vivendo tempos sombrios no Brasil. Um veículo de comunicação só é atacado quando está cumprindo o seu papel de bem informar a sociedade e isso, passa a incomodar pessoas que possuem algum tipo de poder. Nem sempre esse poder é financeiro ou político.
 
Brutalidade
 
"A que ponto chegamos!” Essa é a frase que mais tenho ouvido de pessoas que tem demonstrado solidariedade à equipe do jornal Rondoniaovivo, após o ataque que sofremos na madrugada do último sábado (12). Essa é uma afirmação que também estamos fazendo. A certeza que temos e que os autores desse atentado à liberdade de imprensa, não sabem conviver com a democracia e, muito menos, conseguem usar o diálogo.
 
Respostas
 
Quem fez isso e os motivos? Essa é uma pergunta para o Governo de Rondônia e todo o seu aparato de segurança começar a responder. Não apenas a sociedade de rondoniense, mas do Brasil, está querendo uma resposta para esse ataque e que os autores sejam encontrados e punidos com o rigor da lei. 
 
 
Pistas
 
Algumas pistas já existem e estão sendo analisadas. Segundo a nota emitida pela Sesdec, no último domingo (13), mais de 24 horas após o ocorrido, todos os meios estão sendo empregados para que esse crime seja desvendados. O tempo sempre é o senhor de todas as respostas!
 
Participe
 
Um evento que merece ser prestigiado por quem gosta de boa música e praticar uma boa ação. Estamos falando do show musical ‘Clássicos do Mundo’, que acontecerá no dia 18 de novembro, a partir das 20 horas, no Teatro Palácio das Artes, em Porto Velho. A realização é do Núcleo de Apoio à Criança com Câncer(NACC), que desenvolve um trabalho belíssimo em nossa capital. Famílias de crianças com câncer tem todo o apoio durante o tratamento na cidade. É uma batalha difícil que com o apoio do NACC facilita, em muito, a recuperação desses meninos e meninas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 69 9 9941 5821.
 
 
Covid-19
 
Apesar de todas mortes e de toda a dor que covid-19 trouxe para várias famílias, ainda existem mais de 69 milhões de brasileiros que ainda não retornaram aos postos de imunização para receber a 1ª dose de reforço da vacina contra a doença. Isso são dados que constam no relatório do PNI (Programa Nacional de Imunizações). De acordo com Ministério da Saúde, 32,8 milhões de pessoas poderiam ter recebido a 2ª dose de reforço contra a doença, mas ainda não se vacinaram. Os imunizantes estão disponíveis em mais de 38.000 postos de vacinação em todo o país. Sendo assim, vamos espantar o monstro da covid-19 de nossas vidas. Vacine-se!
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS